Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Íntegra: MANIFESTAÇÃO DO CONSUNI RELATIVA À PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
Início do conteúdo da página

Íntegra: MANIFESTAÇÃO DO CONSUNI RELATIVA À PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

Por Jaqueline Carrara | Publicado: Segunda, 16 de Julho de 2012, 14h02 | Última atualização em Quarta, 14 de Dezembro de 2016, 13h21
// // //
Confira abaixo a íntegra da carta assinada pelo Conselho Universitário (Consuni), conforme Reunião Extraordinária realizada na tarde da última quinta-feira (12), que trata sobre a greve dos servidores públicos da Educação Superior:


MANIFESTAÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS RELATIVA À PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS


O Conselho Superior da Universidade Federal do Tocantins (CONSUNI), em reunião realizada no dia 12/07/2012, manifesta seu apoio à greve deflagrada pelos servidores públicos da Educação Superior (técnico-administrativos e docentes) por um plano de carreira aprovado nas bases e pela defesa de melhores condições de trabalho, entendendo a Universidade - e a educação em geral - como um bem que deve ser resguardado e defendido pelo Estado brasileiro.

O movimento grevista, iniciado em meados de maio último, explicitaa ação dos servidores públicos das universidades federaisque buscam defender a educação superior de seu sucateamento e desvalorização imposta ao longo do tempo. A greve é um instrumento legítimo de luta dos trabalhadores em defesa de seus direitos e efetiva-se, neste processo, como garantia da universidade pública, gratuita, laica e de qualidade socialmente referenciada.

O Conselho Superior da Universidade também repudia, veementemente, a orientação de corte de ponto pela Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, lembrando que essa ação intimatória fere o direito de greve consubstanciado no artigo 37 da Constituição brasileira. Não se pode justificar o corte de ponto sem antes serem esgotadas todas as formas de negociação por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), seja na forma de discussão das propostas apresentadas pelos sindicatos nacionais dos servidores públicos ou de apresentação de uma contraproposta pelo governo.

Ampliando para o cenário nacional, os conselheiros estendem o apoio às demais categorias de servidores públicos que estruturam, de modo orgânico, o Estado brasileiro e conclamam os parlamentares do Tocantins e do Brasil para que atuem como mediadores no impasse ora instalado, rumo a um consenso positivo no sentido da valorização e estruturação da carreira e da qualidade do serviço público brasileiro.

Palmas, 12 de julho de 2012.

Conselho Superior da UFT

Documento original
registrado em:
marcador(es): Consuni,Socs
Fim do conteúdo da página