Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > UFT participa do XI Encontro Nacional de Procuradores Educacionais, Recenseadores e Auxiliares das IPES
Início do conteúdo da página
UFT em Ação

UFT participa do XI Encontro Nacional de Procuradores Educacionais, Recenseadores e Auxiliares das IPES

Por Joice Danielle Nascimento | Revisão: Paulo Aires | Publicado: Quarta, 16 de Novembro de 2022, 08h50 | Última atualização em Quarta, 16 de Novembro de 2022, 11h22

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) participou do XI Encontro Nacional dos Procuradores Educacionais, Recenseadores e Auxiliares Institucionais das Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES), que foi realizado em Natal/RN, entre os dias 09 e 11 de novembro de 2022. O encontro  reúne anualmente profissionais de todas as instituições públicas de ensino superior do país (universidades federais, estaduais e institutos federais). Este ano, foi sediado pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte.

O evento tem como um de seus principais objetivos promover o aperfeiçoamento das atividades destes profissionais, além de proporcionar capacitação e fomentar a integração do grupo, além de ampliar as ações junto a órgãos governamentais, como o Ministério da Educação. Na ocasião, quem representou a UFT foi a servidora da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), Ana Paula Santos. Ela participou como Recenseadora Institucional e também representou o Procurador Educacional Institucional, Marcelo Leineker Costa. 

Ana Paula destaca que o encontro foi importante para que os representantes de cada instituição pudessem traçar estratégias conjuntas para melhorias dos cursos oferecidos por suas instituições: “O evento é importante exatamente para a gente ter esse contato com outras instituições para discutir os processos de avaliação, renovação e regulação dos cursos de graduação, discutir os instrumentos de avaliação, discutir as avaliações externas e internas, com intuito de aprimorar  e melhorá-los, para que a gente sempre consiga notas máximas nas avaliações e para que a gente consiga ter todos os processos andando da melhor forma possível".

A servidora também explica que o papel do recenseador institucional, nesse processo de aperfeiçoamento, é fundamental pois discute junto a órgãos avaliadores como a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES), Secretaria de Educação Superior (SESu) e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), a melhoria das políticas públicas para a educação no país, com base nos dados coletados por esse profissional: “No caso do recenseador, a gente entra numa interlocução, no que se refere a coleta de dados dos cursos de graduação, e isso tem uma grande importância  porque impacta, inclusive, na matriz orçamentária e nas políticas públicas da educação superior de todo o país”.  

Para saber mais sobre o papel desempenhado pelos profissionais das IPES durante o encontro, visite o site do colegiado, clicando aqui

 

   

 

registrado em:
marcador(es): Prograd,Home,Comunidade
Fim do conteúdo da página