Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Projeto de Simulações em Relações Internacionais (SimulaRI) é tema de artigo
Início do conteúdo da página
PORTO NACIONAL

Projeto de Simulações em Relações Internacionais (SimulaRI) é tema de artigo

Por Samuel Lima | Publicado: Segunda, 31 de Outubro de 2022, 08h50 | Última atualização em Segunda, 31 de Outubro de 2022, 11h45

Simulações em Relações Internacionais (Foto: Arquivo / Divulgação)O projeto de inovação pedagógica Simulações em Relações Internacionais (SimulaRI) do curso de Relações Internacionais, do Câmpus de Porto Nacional, é tema de um artigo publicado na Revista Brasileira de Políticas Públicas e Internacionais (RPPI). O projeto, que é desenvolvido por meio de uma metodologia de ensino e aprendizagem ativa, envolveu 48 pessoas entre bolsistas, monitores voluntários, tutores, alunos voluntários e acadêmicos do próprio curso e também do Instituto Federal.

Segundo o professor Jan Marcel de Almeida Freitas Lacerda, um dos docentes envolvidos na atividade, o SimulaRI tem como objetivo "a realização de uma simulação do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (Ecosoc), no intuito de propiciar a experiência de atuar em uma instituição internacional, aproximando as temáticas de Relações Internacionais dos discentes de graduação".

O artigo em questão (imagem ao lado), apresenta como o projeto foi aplicado e destaca a avaliação (empírica) dos resultados, frisando que foi realizado um "acompanhamento dos envolvidos no projeto por meio de relatórios mensais elaborados pelos bolsistas durante os oito meses de vigência do projeto, dos produtos  do  projeto  (como  os  guias,  manuais  e  os  próprios  eventos)  e debriefings (questionários de avaliação) para acessar os resultados no aprimoramento da aprendizagem de conceitos e teorias de Relações Internacionais". Ainda segundo o artigo, as avaliações indicaram que "o instrumento foi considerado altamente positivo pelos participantes, auxiliando no processo de ensino-aprendizagem, aumentando o engajamento com as atividades do curso e diminuindo as perspectivas de evasão".

O artigo é assinado pelo professores Jan Lacerda, Italo Beltrão Sposito e Fernando José Ludwig.

Fim do conteúdo da página