Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Educação do Campo seleciona novos estudantes somente por histórico e entrevista
Início do conteúdo da página
oportunidade!

Educação do Campo seleciona novos estudantes somente por histórico e entrevista

Por Gihane Scaravonatti | Revisão: Paulo Aires | Publicado: Segunda, 05 de Julho de 2021, 20h01 | Última atualização em Segunda, 12 de Julho de 2021, 21h13

A partir das 10h do dia 12 de julho, abrem as inscrições para o Processo Seletivo por Análise Curricular e Entrevista (PSAC) para o curso de Educação do Campo. Isso significa que o(a) candidato(a) interessado(a) numa das vagas ofertadas para essa graduação não precisará passar por uma "prova tradicional", como, por exemplo, o vestibular. O processo seletivo se dará por análise curricular e entrevista, em que uma banca de avaliadores examina - com base em critérios objetivos e previamente definidos - o histórico escolar do Ensino Médio do(a) candidato(a)  que, se classificado(a), passa para a etapa da entrevista. 

Graduação em Educação do Campo abre 80 novas vagas: seleção sem vestibular inscreve somente neste mês

O curso de Educação do Campo da UFT é ofertado em dois câmpus: Arraias e Tocantinópolis. São 40 vagas em cada um deles, sendo que o curso, que é uma licenciatura, habilita o profissional formado a lecionar Artes Visuais e Música para as populações que vivem no campo. As inscrições ficam abertas somente neste mês - até o dia 25 de julho!

Para saber como aproveitar esta oportunidade única de ingressar e se formar numa universidade pública, federal, de qualidade (a UFT tem nota 4, numa escala de até 5, pelo Ministério da Educação), acesse a página da Comissão Permanente de Seleção (Copese) e conheça os critérios e cronogramas do Edital do Câmpus de Arraias e do Edital do Câmpus de Tocantinópolis (os editais são separados). 

Quer ser um(a) professor(a) na área rural? A licenciatura em Educação do Campo da UFT é a oportunidade para você!

Em 2009, o MEC implementou o Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (Procampo), com o objetivo de formar professores voltados especificamente para as demandas de Educação das populações rurais. O profissional licenciado em Educação do Campo é personagem importante para ajudar a minimizar as desvantagens educacionais sofridas pelas pessoas moradoras do campo, ao longo de muitas décadas. O professor do Campo tem, sobretudo, um compromisso social relevante, enquanto um facilitador do acesso à educação formal e de qualidade para as comunidades camponesas, indígenas e quilombolas.

Escola rural no Tocantins foi eleita o melhor projeto de arquitetura educacional do mundo

A "Aldeia das Crianças" - escola rural localizada na fazenda Canuanã, em Formoso do Araguaia, a cerca de 300km de Palmas - venceu, em 2018, duas competições internacionais, por seu belo projeto arquitetônico: o prêmio de melhor representante da Arquitetura Educacional na Building of the Year (pelo Arch Daily) e a premiação britânica de arquitetura do prestigiado Royal Institute of British Architects (RIBA). Nesse último, concorreu com finalistas de 16 países - entre eles, Japão e Itália, algumas das maiores referências na arquitetura. Que incrível, não?!

Situada numa rica faixa de transição de ecótonos - Cerrado, Amazônia e Pantanal -, a escola foi projetada priorizando-se técnicas locais de construção. Tem cerca de 800 alunos, com idades entre 7 e 18 anos, parte desses em regime de internato: estudam e moram no local, que oferta salas de aula modernas, confortáveis e interativas, áreas de lazer, convívio e descanso, atividades extras como natação, música, dança, entre outros. 

Clique aqui e se maravilhe com algumas fotos desta escola rural que é um orgulho para o Tocantins! 

 

 

 

Fim do conteúdo da página