Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Pesquisador descobre novo método de isolar substâncias com efeito anti-inflamatório e analgésico na beterraba
Início do conteúdo da página
artigo internacional

Pesquisador descobre novo método de isolar substâncias com efeito anti-inflamatório e analgésico na beterraba

Por Daniel dos Santos | Revisão: Paulo Aires | Publicado: Segunda, 30 de Novembro de 2020, 17h03 | Última atualização em Terça, 01 de Dezembro de 2020, 16h33

O professor Rogério Sassonia, do curso de Química, no Câmpus de Araguaína, descobriu novo método de isolamento das betalaínas, substâncias encontradas na beterraba que têm propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

As propriedades farmacológicas foram verificadas por pesquisadores da UEL (Universidade Estadual de Londrina) e Universidade de São Paulo (USP), de Ribeirão Preto.

O artigo que descreve a pesquisa foi publicado na revista Inflammopharmacology.

Betalaínas são corantes naturais encontrados em aproximadamente 17 famílias de vegetais da ordem Caryophyllales, como a beterraba, e de alguns fungos basidiomicetos.

Além de encontrarem aplicação como aditivo corante na indústria alimentícia, o interesse na atividade biológica das betalaínas e sua utilidade como alimento funcional para promoção da saúde e prevenção de doenças tem crescido nos últimos anos.

O professor explica que, inicialmente, a pesquisa apresentou evidências que demonstram a atividade antiinflamatória pronunciada de um corante de beterraba (Beta vulgaris), com alto teor de betalaínas obtido por precipitação com etanol.

"Neste trabalho, ampliamos nossas observações anteriores e demonstramos o efeito analgésico deste mesmo concentrado de betalaínas. Portanto, este corante rico em betalaína extraído usando uma nova abordagem de precipitação apresenta efeito analgésico proeminente em modelos variados de dor por mecanismos que visam citocinas e estresse oxidativo", diz.

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->