Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Acadêmicos de Pedagogia produzem o curta-metragem "Cego Urias"
Início do conteúdo da página
Tocantinópolis

Acadêmicos de Pedagogia produzem o curta-metragem "Cego Urias"

Por Rosiene Cardozo | Revisão: Samuel Lima | Publicado: Quinta, 12 de Dezembro de 2019, 14h32 | Última atualização em Sexta, 13 de Dezembro de 2019, 18h01

 Acadêmicos do quarto período do curso de Pedagogia, Câmpus de Tocantinópolis, produziram o filme "Cego Urias", durante a disciplina de Arte-Educação, ministrada pelo professor Rafael Nascimento. A obra tem a proposta de transitar por entre as quatro linguagens que compõem o ensino das Artes (Artes Visuais, Dança, Música e Teatro). Foi realizado um ciclo de seminários-oficinas em que os discentes deveriam criar experimentações com as linguagens e compartilhá-las com os demais estudantes da turma.

Na trama, o diretor do curta-metragem, Gustavo Sousa, procura mostrar o processo evolutivo da linguagem, tendo como destaque a perda da comunicação utilizada pelos antepassados. O grupo, composto por Adson Pereira, Gustavo Sousa, Larissa Correia, Laura Nascimento, Poliene de Carvalho, Thalis de Oliveira e Ytallo Castro, optou por gravar um curta-metragem e exibi-lo em sala para discussão. 

O filme, após exibido para os discentes da disciplina, fez parte da abertura do evento "Arte, Meio Ambiente e Educação: um despertar possível?", organizado por docentes do curso de Pedagogia e realizado no dia 04 de dezembro na unidade Babaçu do Câmpus da UFT em Tocantinópolis.

Os interessados em assistirem o trailer ou o filme completo podem acessar por meio dos links abaixo:

Link para o trailer, link para o filme.

Sinopse

O filme retrata uma sociedade “contaminada” no ano de 2026. Estão perdendo o que definem como seres diversos. A cultura e a linguagem agora se transformam em um pequeno resquício de memória. Como voltar no tempo e recuperar tudo outra vez?

Adson e seus ex-colegas de universidade, Ytallo, Poliene, Larissa e Thallis, embarcam numa jornada objetivando, segundo a orientação de seu avô, encontrar um livro perdido. Desafios e obstáculos aparecerão no caminho. Será possível recuperar um elo perdido?

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->