Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Forproex Norte define os indicadores para avaliação da extensão
Início do conteúdo da página
PROEX

Forproex Norte define os indicadores para avaliação da extensão

Por Samuel Lima | Publicado: Segunda, 09 de Dezembro de 2019, 18h21 | Última atualização em Quinta, 12 de Dezembro de 2019, 17h33

A pró-reitora Maria Santana Milhomem é a presidente do Forproext Norte (Foto: Divulgação)A pró-reitora Maria Santana Milhomem é a presidente do Forproext Norte (Foto: Divulgação)Integrantes da Regional Norte do Fórum de Pró-reitores de Extensão (Forproex Norte) definiram em reunião, semana passada, a lista de indicadores de extensão que serão utilizados para a curricularização e acreditação da extensão. A Regional Norte escolheu 17 indicadores dentre 52 disponíveis, e que estão divididos em cinco dimensões: Infraestrutura, Relação Universidade-Sociedade, Política de Gestão, Plano Acadêmico (PA) e Produção Acadêmica.

A pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários da UFT e também atual coordenadora do Forproex Norte, professora Maria Santana Milhomem, destacou que os indicadores serão utilizados para avaliar as ações de extensão de modo a permitir a curricularização dessas ações. "É necessário que estabeleçamos modos de avaliar e curricularizar as ações de extensão na e da universidade. Esses indicadores permitirão que possamos pensar em colocar a extensão no currículo, com carga horária prática em disciplinas e nas atividades docentes e discentes. A Universidade é o tripé Ensino-Pesquisa-Extensão, e todas precisam ser curricularizadas e avaliadas", disse.

Indicadores

Segundo Maria Santana, as atividades de extensão deverão compor em torno de 10% da carga horária, ficando definidos os seguintes indicadores (por dimensão), pela Regional Norte do Forproex:

Dimensão 1 - Política de Gestão:

  • Garantia da qualidade na extensão;
  • Estrutura organizacional de suporte à Extensão Universitária;
  • Valorização da prática extensionista como critério de promoção na carreira;
  • Recursos do orçamento anual público voltado para extensão;

Dimensão 2 - Infraestrutura:

  • Estrutura de pessoal nos órgãos/setores de gestão da extensão;
  • Sistemas informatizados de apoio à extensão;

Dimensão 3 - Relação Universidade–Sociedade:

  • Público alcançado por programas e projetos;
  • Público alcançado por cursos e eventos;
  • Ações de extensão dirigidas às escolas públicas;
  • Inclusão de população vulnerável nas ações extensionistas;

Dimensão 4 - Plano Acadêmico:

  • Participação geral da extensão no apoio ao estudante;
  • Participação de docentes na extensão
  • Regulamentação de critérios para inclusão da extensão nos currículos;
  • Participação de técnicos administrativos na extensão

Dimensão 5 - Produção Acadêmica:

  • Ações de extensão desenvolvidas por modalidade;
  • Publicação de artigos em periódicos com base em resultados da extensão;
  • Comunicações em eventos com base em resultados da extensão;

Fonte: Forproext Norte

Grupo de pró-reitores de extensão das Universidades Federais da região Norte do Brasil (Foto: Divulgação)Grupo de pró-reitores de extensão das Universidades Federais da região Norte do Brasil (Foto: Divulgação)

registrado em:
marcador(es): Proex,Extensão,Home
Fim do conteúdo da página