Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Documentário da UFT é listado entre os 20 melhores para discutir educação
Início do conteúdo da página
reconhecimento

Documentário da UFT é listado entre os 20 melhores para discutir educação

Por Virgínia Magrin | Revisão: Paulo Aires | Publicado: Sexta, 06 de Dezembro de 2019, 10h45 | Última atualização em Segunda, 09 de Dezembro de 2019, 10h22

O segundo documentário da série  “Escola Quilombo: Educação Cultivada”, lançado em 2016 pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo (Gepec) e o Observatório da Educação do Campo (Obeduc) do Câmpus da UFT de Arraias, acaba de ser listado entre os 20 melhores filmes para discutir Educação pela Revista Prosa, Verso e Arte.

Kaled Sulaiman, um dos idealizadores do projeto, explica que a indicação é muito importante por representar o reconhecimento externo do trabalho realizado. “Isso nos ajuda na luta por uma Educação Escolar Quilombola de qualidade. Além é claro, por ser mais um instrumento de divulgação, resistência e luta para as comunidades remanescentes de quilombo do Tocantins e do Brasil”, enfatiza ele.

Foto: Trama Teia Produções

O documentário

A produção teve como objetivo mostrar a realidade de uma escola da zona rural em uma comunidade quilombola. O primeiro documentário tinha como foco dar voz aos professores das comunidades campesinas e quilombolas. "A partir daí, criou-se a ideia de acompanhar o cotidiano de uma destas escolas e focar na rotina de um de seus professores", afirma Sulaiman.

Já o segundo documentário da série apresenta o cotidiano da Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que fica situada dentro do Quilombo Kalungas do Mimoso, na zona rural de Arraias. No trabalho, é notável a simplicidade da região em contraste com a beleza do cerrado. Os relatos também contextualizam as cenas do cotidiano e ampliam as perspectivas sobre a realidade exposta. Numa perspectiva de ensaio etnográfico, o documentário traz narrativas e imagens sobre a vida pessoal e os desafios de ser professor em escolas rurais, enfrentando precariedades materiais e o descaso do poder público.

O primeiro documentário pode ser visto aqui

O segundo documentário aqui

registrado em:
marcador(es): Arraias,Home
Fim do conteúdo da página
-->