Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Acadêmica do PPGPV já está nos EUA para a etapa 'sanduíche' do doutorado
Início do conteúdo da página

Acadêmica do PPGPV já está nos EUA para a etapa 'sanduíche' do doutorado

Por Samuel Lima | Publicado: Quarta, 25 de Setembro de 2019, 11h06 | Última atualização em Quarta, 25 de Setembro de 2019, 12h12

A acadêmica Poliana Silvestre Pereira, que cursa doutorado no Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal (Câmpus de Gurupi), iniciou no último dia 16 de setembro o período 'sanduíche' do seu doutoramento junto ao Departamento de Entomologia do Instituto de Agricultura e Recursos Naturais da University of Nebraska - Lincoln (Estados Unidos), onde permanecerá pelo período de um ano.

De acordo com as informações do PPGPV, a University of Nebraska em Lincoln-USA é uma instituição educacional de estrutura internacional e abrange nove faculdades. O Departamento de Entomologia do Instituto de Agricultura e Recursos Naturaispossui vários laboratórios, dentre eles o laboratório Entomologia de Agroecossistemas, que é coordenado pela professora Dr.ª Julie A. Peterson. Ainda conforme as informações, neste laboratório, são realizadas pesquisas que abordam a ecologia e o manejo de pragas agrícolas, com ênfase em aplicações práticas para o manejo integrado de pragas em lavouras comerciais.

Enquanto estiver nos Estados Unidos, Poliana vai desenvolver trabalhos relacionados à distribuição sazonal e geográfica de pragas mediante às mudanças climáticas. O desenvolvimento deste trabalho inclui modelagem, que é uma técnica capaz de indicar os locais de ocorrência de pragas, gerando mapas de distribuição sob diferentes cenários como o das mudanças climáticas.

Para o professor orientador de Poliana, Renato de Almeida Sarmento, "com o treinamento que Poliana irá receber, poderemos criar modelos de distribuição sazonal e geográfica de pragas mediante às mudanças climáticas para insetos nocivos à produção agrícola no Brasil. Com isso, os sistemas de tomada de decisão de controle de pragas serão mais precisos e eficientes". Para Sarmento, "a participação de Poliana no intercâmbio é resultado de um esforço para promover a internacionalização do PPGPV. Isso está sendo possível em função da aprovação do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia (Procad/Amazônia), que foi aprovado pelo PPGPV junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)", diz.

O orientador explica que o Procad /Amazônia prevê a participação de alunos de doutorado em Produção Vegetal em missões de estudo em universidades estrangeiras consolidadas mundialmente. Dentre outros objetivos, o programa visa ampliar a formação de recursos humanos de alto nível e a produção científico-acadêmica dos programas de pós-graduação brasileiros. "Com isso, além da Poliana, temos a previsão de outros alunos de Doutorado do programa ingressarem em intercâmbios internacionais nos próximos anos, não somente para os Estados Unidos, mas também em países da Europa e Oceania, os quais já temos convênios firmados por meio do Procad/Amazônia", complementa.

Para o coordenador do PPGPV, professor Rodrigo Ribeiro Fidelis, "estas ações são importantes para a consolidação do Conceito 5, recentemente obtido pelo Programa junto à Capes, formando uma base sólida, e assim, nos preparando para galgar o Conceito 6", afirma.

registrado em:
marcador(es): PPGPV,Comunidade
Fim do conteúdo da página