Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Pesquisador da UFT analisou o desenvolvimento da comunicação a partir das pinturas rupestres
Início do conteúdo da página
PPGCOM PESQUISA

Pesquisador da UFT analisou o desenvolvimento da comunicação a partir das pinturas rupestres

Por Gabriela Melo (PPGCom) | Revisão: Samuel Lima | Publicado: Sexta, 12 de Julho de 2019, 09h00 | Última atualização em Quinta, 11 de Julho de 2019, 16h58
// // //

Cidiclei Biavatti é mestre pela UFT (Foto: Divulgação)Cidiclei Biavatti é mestre pela UFT (Foto: Divulgação)Com o título “Stone after stone: a desconstrução da charge rupestre de Dan Piraro”, o mestre pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), Cidiclei Biavatti,  realizou um estudo sobre como a comunicação humana se desenvolveu, partindo das pinturas rupestres, do surgimento da linguagem, da escrita e do alfabeto.

A pesquisa analisou a relação criada pelo cartunista estadunidense Dan Piraro entre a pré-história e o mundo contemporâneo, a partir de suas charges, que tratam de assuntos atuais, mas com um cenário que remete à pré-história.

“Pinturas com mais de 30.000 ainda ecoam hoje, desafiando o homem moderno. São um elo com o cotidiano do homem primevo, que representou sua aventura pela imagem, chegando até a charge moderna”, destaca Biavatti.

Segundo o pesquisador, o método de análise utilizado foi inspirado na desconstrução de Jacques Derrida, sendo ampliado em seus procedimentos, na tentativa de identificar processos sociais, ligados à comunicação, antropologia, filosofia e cultura.

Após a análise das charges, Biavatti concluiu que Dan Piraro retrata o cotidiano humano de forma que extrapola fronteiras, esclarecendo que as aflições são comuns às diversas sociedades.

registrado em:
Fim do conteúdo da página