Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Análise e Processamento de Alimentos é destaque da UFT na Agrotins
Início do conteúdo da página
AGROTINS 2019

Análise e Processamento de Alimentos é destaque da UFT na Agrotins

Por Daniel dos Santos | Publicado: Segunda, 06 de Mai de 2019, 15h32 | Última atualização em Quarta, 08 de Mai de 2019, 11h52
// // //

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) participa com espaço próprio na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins). O evento será realizado em Palmas, de 7 a 11 de maio. Desta vez serão quase 30 tecnologias apresentadas por pesquisadores e estudantes da graduação e pós-graduação. Destacamos aqui cinco dos assuntos, que são voltados à área de Análise e Processamento de Alimentos.

Análise de Alimentos para Consumo Humano e Animal

O objetivo é divulgar a prestação de serviços para a comunidade com a análise de alimentos para consumo humano e animal. O trabalho é realizado no Laboratório de Microbiologia Geral e Aplicada, vinculado ao curso de Medicina, como um projeto de extensão. E visa o controle e a qualidade dos alimentos consumidos pela sociedade. Os alunos estarão apresentando os produtos desenvolvidos.

“As análises dos alimentos são feitas para a detecção de patógenos. Principalmente causadores de toxinfecções alimentares, seguindo os critérios para a Conclusão e Interpretação dos Resultados das Análises Microbiológicas de Alimentos Destinados ao Consumo Humano”, como explica a professora Juliana Fonseca.

Classificador Automático de Frutos (CAF)

O Classificador Automático de Frutos (CAF) é um sistema de apoio ao agricultor no processo de exportação dos frutos in natura. Esse sistema usa o aprendizado de máquinas para identificar frutos defeituosos ou fora do padrão para exportação. O CAF é fruto de uma pesquisa realizada em parceria entre o Laboratório de Cinética e Modelagem de Processos (LaCiMP) do curso de Engenharia de Alimentos e o Núcleo de Computação Aplicada (NCA) do curso de Ciência da Computação.

“Em suma, através da imagem dos frutos, o aplicativo irá classificá-los, indicando quais frutos possuem defeitos superficiais como manchas, cortes ou ‘machucados’ que são considerados problemas quando se fala em exportação desses frutos”, explica um dos desenvolvedores, o professor Warley Gramacho.

Conhecendo a Engenharia de Alimentos

O Programa de Educação Tutorial (PET) de Engenharia de Alimentos busca neste projeto levar ao conhecimento do público informações e curiosidades sobre a Engenharia de Alimentos, além da exposição de produtos produzidos pelos próprios componentes do grupo, como a banana chips, doce de leite e chuchu cristalizado. O objetivo é que o público conheça as etapas de produção dos alimentos, assim como aumentar a visibilidade do curso.

Empresa Júnior CAJÚ

A Empresa Júnior CAJÚ é vinculada ao curso de Engenharia de Alimentos e realiza projetos de consultoria no setor alimentício, com o objetivo de impulsionar a competitividade de microempreendedores individuais e micro, pequenas e grandes empresas do ramo.

Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos

O Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA) atua nas áreas de controle de qualidade e segurança alimentar, desenvolvimento de novos produtos alimentícios e biotecnologia aplicada à indústria de alimentos. Serão levadas formulações de doces desenvolvidos a partir de frutos do cerrado e resíduos da produção de suco para agregação de valor.

Os frutos do cerrado tem um aporte nutricional muito grande, porém, a sazonalidade dificulta sua aplicação. O novo produto vai agregar valor às culturas e torná-las disponíveis durante todo o ano, gerando renda para pequenos produtores e extrativistas.

registrado em:
marcador(es): Propesq,Pesquisa,Home,Agrotins
Fim do conteúdo da página