Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cursos da UFT recebem nota 4 em primeira visita do Ministério da Educação
Início do conteúdo da página
Reconhecimento

Cursos da UFT recebem nota 4 em primeira visita do Ministério da Educação

Por Virgínia Magrin | Publicado: Terça, 23 de Abril de 2019, 12h55 | Última atualização em Terça, 23 de Abril de 2019, 18h08
// // //

Avaliação é para fins de reconhecimento e reflete o trabalho coletivo

Os cursos de Ciências Sociais e Letras Libras, no Câmpus de Porto Nacional, e o curso de Educação Física, no Câmpus de Miracema foram avaliados in loco pela primeira vez pelo Ministério da Educação e obtiveram Nota 4, de um máximo de 5. A avaliação feita para fins de reconhecimento de curso foi tida como muito boa e representa o trabalho coletivo não só das pessoas que estão atualmente nestes cursos, mas também das pessoas que participaram do processo de criação e implantação dos mesmos.

A Pró-Reitora de Graduação da UFT, Vânia Passos, destaca que o reconhecimento provém de ações diversas. “A conquista é motivo de muita alegria para a Universidade e ela vem de atos pedagógicas, da estrutura física, da formação dos técnicos que apoiam, gestão, discentes e docentes. Enfim, de todos os fatores que englobam esse fazer pedagógico, que representa a força que tem o trabalho coletivo, com a somatório de esforços e empenho de todos”.

Os cursos começaram a ser ofertados em 2015 e formaram seus primeiros profissionais ano passado. Os novos cientistas sociais, e os licenciados em Educação Física e Letras/Libras já estão saindo para o mercado de trabalho com o respaldo de uma boa formação.

Educação Física

André Luiz Augusto da Silva, diretor do Câmpus de Miracema, enfatiza que essa é uma grande vitória para os estudantes do curso de Educação Física que estão extremamente integrados, e dos professores dedicados. “Todos os professores são muito atuantes, dedicando as suas atividades no ensino, na pesquisa e na extensão. A coordenadora é empenhada. Os técnicos que acompanham o curso são bons. O Câmpus de Miracema e o curso estão de parabéns. Vamos continuar lutando para melhorar ainda mais as notas do curso”, declara ele.

Atividade do curso de Educação Física do Câmpus de Miracema (Divulgação)

Se depender da coordenadora do curso, Erika da Silva Maciel, essa melhora vem mesmo. Ela lembra que a nota é resultado de um trabalho de esforço coletivo - técnicos, gestão, docentes e discentes – tudo com o intuito de melhorar o curso e fortalecer a implementação que foi um pedido da sociedade miracemense. “A gente vem aí reforçar a importância da permanência do curso e da manutenção da qualidade dele. Lógico que ainda tem um longo caminho para percorrer, para ser desbravado, muitos desafios ainda para vencer, mas a conquista dessa nota reflete a importância da Educação Física na região Norte”.

Para se ter uma ideia, a UFT é uma das poucas instituições que possuem o curso de Educação Física na região Norte do país. “O que facilita nosso trabalho futuro, que é o desenvolvimento da área como um todo, inclusive pensando no futuro da implementação de um curso de bacharelado”, afirma Maciel.

Porto Nacional

O Câmpus de Porto Nacional também está comemorando. “O resultado demonstra o compromisso dos cursos com os seus objetivos. Todos os envolvidos no processo estão de parabéns, estamos muitos felizes com esse resultado positivo”, garante George França, diretor do Câmpus de Porto Nacional.

Formatura da primeira turma de Letras/Libras

Letras/ Libras

A UFT foi pioneira no estado em criar o curso de Licenciatura em Letras, com habilitação em Libras, no Câmpus de Porto Nacional. Mas além de criar, está oferecendo qualidade. Renato Jefferson Bezerra Leão, coordenador do curso destaca, inclusive, que os próprios avaliadores mencionaram o quanto o corpo docente é criativo e inovador, o quanto eles falam com entusiasmo do curso.

“É nítido ver que os alunos estão muito orgulhosos de estarem no Letras/Libras na UFT. Mas uma vez é o reforço da qualidade de ensino que está sendo feita e a primeira avaliação já teve essa nota. Não há um modelo a ser seguido, mas é uma experiência inovadora que já sai com sucesso”, afirma Leão.

O coordenador explica ainda, que a Universidade assumiu a responsabilidade de formar professores de Libras para atender a demanda da implementação da disciplina de Libras nas escolas e de uma educação bilíngue para surdos, e está formando com qualidade. “Prova disso é o feedback dessa avaliação do MEC que tivemos recentemente. Mostrando que a UFT tem se destacado na região Norte, no estado e no próprio país, na garantia de um ensino e formação de professores com qualidade”.

Calourada de Ciências Sociais (Foto:Wesley Farpa)

Ciências Sociais

Marcelo de Souza Cleto, coordenador de curso de Ciência Sociais em Porto comenta a vista do MEC ocorreu com profissionalismo, pois a equipe havia se p´reparado com antecedência para essa avaliação. “Toda nossa comunidade, docentes, discentes e técnica administrativa operou numa sinergia comum. A nota 4 que alcançamos reflete nosso compromisso qualificado e nossa responsabilidade acadêmica e social com a sociedade”, apontou ele.

Cleto reconhece que tiveram ótimas notas em alguns quesitos, em outros nem tanto: “Mas tudo isso, no conjunto, retroalimenta nossos esforços para sermos ainda melhores. A importância dessa nota sintetiza que nossos formandos, os futuros cientistas sociais fazem a diferença em um mundo que cada vez mais necessita de alteridade, ponderação sociológica e políticas democratizantes. Essa conquista é de todos nós e converge com o fortalecimento das Ciências Sociais no Tocantins”.

Fim do conteúdo da página