Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Curso de Jornalismo promove encontro sobre Saúde Emocional
Início do conteúdo da página
EXTENSÃO

Curso de Jornalismo promove encontro sobre Saúde Emocional

Por Nájilla Lopes | Supervisão: Samuel Lima | Publicado: Quinta, 23 de Agosto de 2018, 17h38 | Última atualização em Sexta, 24 de Agosto de 2018, 13h21

Frank Dalsasso (Foto: Isabella Rosa)coach Frank Dalsasso ministrou na última quarta- feira (22) uma palestra sobre Saúde Emocional, intitulado "Vamos falar sobre saúde emocional?". A ação fez parte do projeto de extensão Semente, da professora e coordenadora do curso de Jornalismo, Alice Agnes Espíndola Mota.

De acordo com a coordenadora, "o projeto surgiu por conta de uma preocupação com a saúde emocional dos alunos de jornalismo e de outros cursos nos últimos tempos". A ideia do Projeto de Extensão Semente (Acrônimo de 'Saúde das Emoções e da Mente) propõe palestras mensais e rodas de conversas quinzenais sobre temas dessa ordem.

Por que falar sobre Saúde Emocional?

Segundo Alice Agnes, um levantamento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) apontou que 80% dos estudantes universitários já enfrentaram problemas de saúde emocional. "A saúde mental do estudante universitário no  Brasil não vai bem. Segundo levantamento feito nas cinco regiões do país pela Andifes, oito em cada dez estudantes de graduação relatam que já tiveram algum problema emocional, como ansiedade, desânimo, insônia, entre outros", diz.

Só no Câmpus de Palmas, o Setor de Apoio ao Estudo e a Carreira registrou no semestre passado (janeiro a junho de 2018), atende a 170 alunos. Os atendimentos foram realizados por psicólogas e/ou por pedagogas da instituição. Para ter uma noção em termos de proporção, o Câmpus de Palmas tem hoje 6.392 alunos de graduação vinculados em 17 cursos. O Curso de Jornalismo tem 381 alunos.

Alunos participaram da palestra sobre Saúde Emocional (Foto: Isabella Rosa/Divulgação)De acordo com a coordenadora, os dados mostram a urgência e a importância de abordar tais questões. "É apenas a semente de algo que pode se espalhar pelos demais câmpus. Os  resultados até agora são motivadores: nos dois primeiros encontros participaram aproximadamente 70 pessoas, incluindo gente de fora da comunidade acadêmica", contou. 

Possíveis causas

De acordo com o coach Frank Dalsasso os principais motivos que tem levado os jovens a desenvolver ansiedade e outras doenças psicológicas são o "excesso de atividades e futuro; porém, em detrimento do imediatismo que a sociedade prega e cobra eleva muito os casos de ansiedade dos seus cidadãos em querer atender suas cobranças". O palestrante também comenta que "cada um de nós vivemos em um lapso temporal de três fases e só alcançaremos a estabilidade se aprendermos a tirar lições do nosso passado (focando em apenas 10%), focar nas nossas atividades do presente (o equivalente a 60%) e crendo que fazendo bem feito hoje, vou ter um futuro melhor (os outros 30%), sem ter que me preocupar com os erros do passado se repetirem", orienta.

Para o estudante de Jornalismo Lucas Miranda "a roda de conversa sobre saúde emocional foi bem interessante e importante, porque esse tema não estava muito evidente no meio da Universidade, e essa Roda, juntamente com outros projetos que serão desenvolvidos sobre o tema, estão sendo de grande ajuda para os universitários, principalmente para os estudantes que chegaram agora na Universidade, como eu", diz.

Além de Alice Agnes, coordenadora do projeto, participam da equipe de desenvolvimento das ações a servidora e professora Martha Helena e a aluna Isabella Rosa.

registrado em:
marcador(es): Palmas,Home,Jornalismo
Fim do conteúdo da página