Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Instalação 'Catarse' será lançada nesta segunda-feira, no Câmpus de Palmas
Início do conteúdo da página
CORREDOR CULTURAL

Instalação 'Catarse' será lançada nesta segunda-feira, no Câmpus de Palmas

Por Samuel Lima | Publicado: Segunda, 07 de Mai de 2018, 08h50 | Última atualização em Segunda, 07 de Mai de 2018, 10h45
// // //

Instalação retrata por meio de fotografias a angústia, a dor e o sofrimento (Foto: Divulgação)Instalação retrata por meio de fotografias a angústia, a dor e o sofrimento (Foto: Divulgação)Terá início nesta segunda-feira (07), na sala 04 do Bloco B do Câmpus da UFT em Palmas, a partir das 19h, a Exposição Catarse, de Ritaline Silva. A instalação artística aborda o suicídio e a angústia que envolve a questão. A obra, conforme as informações do material de divulgação, "pretende colocar o visitante em contato com uma mente em sofrimento".

A instalação integra o projeto Corredor Cultural, da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários da UFT (Proex/UFT) e é uma transformação em imagens e sons dos relatos de pessoas que tentaram suicídio.

O projeto da instalação nasceu a partir da experiência pessoal da autora que, após uma crise, resolveu reviver a situação por meio de fotografias. "O efeito da dor repetida, revivida e reelaborada resultou em uma catarse", como um 'autorretrato da dor', destaca o material de divulgação. Catarse, termo que dá nome à instalação, é comumente usado na psicanálise para definir o efeito causado pela liberação da tensão provocada por conteúdos emocionais inconscientes.

A instalação conta, ainda, com uma cabine de projeção, onde é rodado um filme de curta duração (cerca de quatro minutos) contendo imagens e relatos de pessoas em situação de ansiedade, depressão, angústia. A visita é guiada com o auxílio de profissionais psicólogos. A instalação fica montada na UFT até o dia 11 de maio.

A autora
Ritaline Silva é graduanda em Psicologia pelo Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra) e estagiária voluntária no Portal de Saúde Mental, (EN)cena. Busca no enlace da psicologia com arte a saída para a dor e sofrimento suicida. Assinam a produção da obra a autora Ritaline Silva e a jornalista Rísia Lima, com curadoria da professora e coordenadora do curso de Psicologia do Ceulp/Ulbra, Irenides Teixeira. (Com informações do material de divulgação)

registrado em:
Fim do conteúdo da página