Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cursos de Letras e Libras de Porto Nacional participam de Conferência Internacional
Início do conteúdo da página
Conferência Internacional

Cursos de Letras e Libras de Porto Nacional participam de Conferência Internacional

Por Heloísa Cipriano | Supervisão: Samuel Lima | Publicado: Quinta, 26 de Outubro de 2017, 17h33 | Última atualização em Quinta, 26 de Outubro de 2017, 17h34
// // //

Alunos e professores dos cursos de Letras e Libras da UFT na conferência (Foto: Kleber Sousa)Alunos e professores dos cursos de Letras e Libras da UFT na conferência (Foto: Kleber Sousa)Alunos e professores de graduação e pós-graduação dos cursos de Letras e Libras do câmpus de Porto Nacional, com apoio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proest), marcaram presença na I Conferência Internacional de Estudos da Linguagem (CIELIN), acontecida na Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (FINATEC) em Brasília (DF).

Com o tema "Educação (Linguística), Multiletramentos e Identidades", o evento realizado de terça (17) a sexta-feira (20) da semana passada homenageou o linguista de origem indiana Kanavillil Rajagopalan, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Kanavillil foi linguista de renome internacional, membro e professor do Programa de Pós-Graduação em Letras do câmpus de Porto Nacional.

O evento contou ainda com a presença de outro membro do Programa, o professor Domingos Sávio Siqueira da Universidade Federal da Bahia (UFBA), além de renomados pesquisadores nacionais e internacionais, vindos de universidades dos Estados Unidos, Suíça e Canadá.

No geral, o evento contou com debates viáveis nos dias atuais, como a indignação às novas políticas públicas para a educação (como a reforma do Ensino Médio), e a falta dos diversos agentes envolvidos nas práticas educacionais no Brasil.

As conferências e mesas-redondas do evento resultaram num compromisso firmado pela comunidade de pesquisadores, docentes, discentes e participantes presentes na elaboração de uma carta de repúdio. A carta será entregue posteriormente e oportunamente ao Ministro da Educação,
diretamente das mãos do organizador do evento, o professor Kleber Silva da Universidade de Brasília (UnB).

registrado em:
Fim do conteúdo da página