Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Projeto com diabéticos divulga resultados e promoverá sessões de exercícios físicos para auxiliar no tratamento
Início do conteúdo da página
TOCANTINÓPOLIS

Projeto com diabéticos divulga resultados e promoverá sessões de exercícios físicos para auxiliar no tratamento

Publicado: Segunda, 12 de Junho de 2017, 11h27 | Última atualização em Terça, 13 de Junho de 2017, 17h31
// // //

Projeto Prática de Exercício Físico e Diabetes Mellitus (Foto: Helizangela Morais/Arquivos GPAFD)O Grupo de Estudos e Pesquisa em Atividade Física e Doenças Crônicas (GPAFD), do Câmpus de Tocantinópolis, nesta segunda-feira (12), iniciou a divulgação dos resultados coletados durante pesquisa realizada com diabéticos. A pesquisa fez parte do plano do projeto de estudo “Prática de Exercício Físico e Diabetes Mellitus”, desenvolvido pelo GPAFD, com o apoio da Secretaria de Saúde de Tocantinópolis. Numa segunda etapa o projeto prevê a realização de exercícios físicos com pacientes entrevistados e outros interessados.

Com o objetivo de analisar o uso de exercícios físicos no tratamento do diabetes mellitus, em diabéticos do tipo II, entre os meses de fevereiro e maio de 2017, foram entrevistadas 34 pessoas, entre 40 e 75 anos, das Unidades Básicas de Saúde Alto Bonito, Ana Vina, Policlínica e Hospital Municipal José Sabóia. Os participantes da pesquisa deveriam ser diagnosticados com diabetes mellitus tipo II e possuir tempo de diagnóstico inferior a dez anos.

A professora da UFT, Joana Sales, que é a coordenadora do projeto, ressaltou a importância da proposta. “O Projeto visa complementar o tratamento de diabéticos tipo II atendidos pelo SUS, pois a prática de exercícios físicos promove o controle glicêmico e evita o surgimento de complicações crônicas, de forma que contribui para a saúde de cada participante e para diminuição dos custos da saúde pública com essa população.”

Os entrevistados responderam um formulário sobre informações sociodemográficas, prática de atividade física, comportamentos sedentários, uso de medicamentos, qualidade do sono e qualidade de vida. Além disso, puderam fazer medidas de peso, altura, circunferências, dobras cutâneas, pressão arterial e glicemia capilar.

Exercícios físicos

Após a coleta de dados, o projeto segue para sua segunda etapa, que consiste na realização de sessões de exercícios físicos. As sessões ocorrerão três vezes por semana, com duração de 50 minutos, na Academia Inove, em Tocantinópolis. Os exercícios serão acompanhados e ministrados por profissionais de Educação Física e estudantes, previamente treinados, do curso de Educação Física do Câmpus da UFT em Tocantinópolis.

Os interessados no projeto, que não foram contatados nas Unidades Básicas de Saúde, poderão fazer sua inscrição com a funcionária Rosalís Bastos, no setor do Almoxarifado, no prédio da direção do Câmpus de Tocantinópolis. As inscrições também podem ser realizadas pelos telefones: (63) 3471-6041, (63) 98127-7072, (61) 98180-4141.

registrado em:
Fim do conteúdo da página