Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cerimônias de colação de grau extemporânea movimentam câmpus da UFT
Início do conteúdo da página
VIDA ACADÊMICA

Cerimônias de colação de grau extemporânea movimentam câmpus da UFT

Publicado: Sexta, 24 de Março de 2017, 19h00 | Última atualização em Sábado, 25 de Março de 2017, 11h34

Esta sexta-feira (24) foi de festa para dezenas de acadêmicos da UFT! Em cinco câmpus (Araguaína, Arraias, Miracema, Palmas e Porto Nacional) ocorreram cerimônias de colação de grau extemporânea.

No Câmpus de Miracema, a cerimônia foi no auditório do bloco administrativo. Alexandre Chaparzane Xerente foi um dos formandos em Serviço Social.  Ele disse que a colação de grau é uma realização importante para ele e para a comunidade xerente, pois é um assistente social xerente que buscará trabalhar e lutar pelos direitos da sua comunidade.

Alexandre Chaparzane Xerente formou-se em Serviço Social nesta sexta (24) - Foto Rodrigo Mamédio/DivulgaçãoAlexandre Chaparzane Xerente formou-se em Serviço Social nesta sexta (24) - Foto Rodrigo Mamédio/Divulgação

Chaparzane agradeceu aos professores e a Universidade por ter proporcionado esta oportunidade aos indígenas. Ele ressalta ainda que a formação superior lhe proporcionou conhecer mais a própria cultura indígena e fortalecer a identidade da cultural indígena. Além dele, outro indígena também colou grau em Pedagogia: Nelson Saparzuze Xerente. Os contaram foram prestigiados com a presença do cacique da Aldeia Recanto Krite (Tocantínia), Valdemar Xerente.

Em Palmas a cerimônia foi no Centro Universitário Integrado de Ciência, Cultura e Arte (Cuica) e contou com alunos de diversos cursos participando da cerimônia. Em Porto Nacional a colação extemporânea foi  no auditório do Bloco III.

Veja abaixo algumas imagens das colações nos câmpus:

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->