Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Oficina de jornalismo: produção de vídeos sobre educação no trânsito
Início do conteúdo da página

Oficina de jornalismo: produção de vídeos sobre educação no trânsito

Por Virgínia Magrin | Publicado: Quinta, 07 de Abril de 2016, 12h23 | Última atualização em Terça, 13 de Setembro de 2016, 14h01

A 2ª edição do 'Programa Escola Livre de Jornalismo', da pós-graduação de Ensino em Comunicação/Jornalismo: Temas Contemporâneos, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), têm realizado desde o início deste ano várias oficinas com o intuito de aproximar a comunidade acadêmica de Jornalismo das escolas públicas, com foco no ensino da prática jornalística, visando a publicização e popularização do que é desenvolvido por essa área do saber.

Nesta sexta-feira (8), às 8h30, será realizada a oficina “Repórter por um dia”, ministrada por alunos da pós, para os alunos do Centro de Ensino Médio Tiradentes. A intenção do grupo é despertar o interesse e fascínio pela profissão de jornalismo e a construção da notícia. Nesta primeira edição os participantes vão produzir vídeos com o tema: “Trânsito, atitudes que fazem a diferença”.
 
Para isso, um profissional da Gerência de Educação para o Trânsito, da Prefeitura de Palmas, participa do encontro e traz dados estatísticas e conceitos relativos ao trânsito na Capital com uma abordagem voltada para o público jovem, futuros motoristas.

A partir da oficina, os alunos terão a noção de como é produzida uma matéria jornalística, desde a reunião de pauta, sua produção, edição e publicação. Um dos conceitos propostos pela oficina é a responsabilidade social na produção e divulgação de vídeos feitos com uso de smartphone. “É comum vermos a divulgação de vídeos via redes sociais, então decidimos propor aos alunos que produzam conteúdos com temáticas educativas e relevante para a sociedade, como é o caso do trânsito”, destaca a jornalista Eliene Campelo, pós-graduanda da UFT.

Oficina de Redes Sociais (Foto: Divulgação)Oficina de Redes Sociais (Foto: Divulgação)
 
Sobre o Programa - O programa é uma atividade de extensão do Núcleo de Pesquisa e Extensão 'Observatório de Pesquisas Aplicadas ao Jornalismo e ao Ensino' (OPAJE-UFT), que pretende, por meio de atividades formativas, criar uma cultura jornalística junto aos alunos das escolas públicas. Com esse programa pretende-se divulgar a formação na área de jornalismo ao mesmo tempo em que se aproximam docentes, discentes da UFT e estudantes das escolas públicas.

O coordenador do curso, Gilson Porto, explica que o programa visa propiciar ações formativas a alunos de escolas públicas na área da Comunicação e do Jornalismo. “Trata-se de uma atividade inovadora que permitirá o empoderamento em temáticas da comunicação social e do jornalismo por parte de egressos do Jornalismo da UFT e de outras instituições formadoras”, enfatiza ele.

As oficinas são realizadas por pós-graduandos da especialização, todos com experiência na área. No período de fevereiro a março deste ano, já foram ofertadas as oficinas de Redes Sociais como espaço de comunicação e interação escolar, com auxilio da fotografia e do audiovisual; A prática do jornalismo nas escolas: A TV e seleção de fontes; Curso Jornalismo televisivo: Magia que encanta telespectadores; Projeto Blog na Escola: criando comunicação, fazendo; Projeto Comunicação e Jornalismo na escola; Projeto Inovação tecnológica na Comunicação e no Jornalismo: elaboração de produtos informativos para o NIT.

As ações não param por aí, no mês de abril estão programadas outras seis ações, não apenas na cidade de Palmas, mas também nos municípios de Araguaína e Gurupi.  (Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Palmas)

registrado em:
marcador(es): Jornalismo
Fim do conteúdo da página