Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Histórico

O Bacharelado em Relações Internacionais foi criado por meio do Plano de Expansão do Câmpus de Porto Nacional, em conformidade com a proposta do Ministério da Educação (MEC) de ampliação da oferta em câmpus com menos de cinco cursos de graduação em funcionamento.

Para discutir a expansão do Câmpus, constituiu-se uma Comissão Especial por Ato da Direção N o 007/2012, com a finalidade de elaborar estratégias e metodologias que subsidiassem as propostas de ampliação da oferta de cursos.

Aprovada a proposta da Comissão Especial pelo Conselho Diretor, solicitou-se aos coordenadores dos cursos de Biologia, Geografia, História e Letras, a realização de reuniões colegiadas para, após debater os pressupostos do MEC (sobretudo em aspectos referentes à otimização de recursos humanos, infraestrutura, acervo bibliográfico e diálogo com a sociedade civil), avaliar realisticamente a expansão do campus e, por conseguinte, indicar três novos cursos em ordem de prioridade.

Reunido o Colegiado do Curso de História em 27 de março de 2012, os docentes indicaram, através de voto, o Curso de Bacharelado em Relações Internacionais como de primeira prioridade e, em seguida, formou-se uma Comissão de Elaboração de Projeto Pedagógico de Curso (PPC).

A elaboração deste PPC inicialmente obedeceu ao Roteiro de Elaboração de Propostas de Novos Cursos 2013, proposto pela Comissão Especial, a fim de subsidiar, com elementos e aspectos essenciais e inerentes a um PPC, os membros do Conselho Diretor, a fim de que, suficientemente munidos de dados e informações, determinassem os cursos prioritários para a expansão do Câmpus de Porto Nacional.

Por fim, após reunirem-se o Conselho Universitário (Consuni) e o Ministério da Educação (MEC), o Consuni, por meio da Resolução n° 015/2013, em 19 de novembro de 2013, aprovou a criação do Curso de Bacharelado em Relações Internacionais, com sede no Câmpus de Porto Nacional.

Fim do conteúdo da página
-->