Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Apresentação

O curso de Química Ambiental da UFT tem por objetivo formar profissionais capazes de planejar, analisar processos de transformação Ambiental (resíduos poluentes e toxicológicos), como perspectiva para o desenvolvimento de processos no aproveitamento dos recursos naturais e manutenção da qualidade ambiental, com vistas à geração e implantação de tecnologias capaz de preservar o meio ambiente, ou revitalizar ambientes degradado.


Informações gerais

Câmpus: Gurupi
Grau: Bacharelado
Modalidade: Presencial
Duração: 4,5 Anos (9 Semestres)
Carga Horária: 3.270 horas-aula
Turno: Integral
Periodicidade: Semestral
Vagas: 80 por ano / 40 por semestre
Conceito Enade: 1 (2017)
Conceito Preliminar de Curso (CPC): 3 (2017)
Conceito de Curso (CC): 3 (2014)

Mais informações no sistema e-MEC.


Histórico do curso

Em elaboração.


Regulamentação

Criação, autorização, reconhecimento, renovação de reconhecimento


Perfil do egresso

Os profissionais a serem formados a partir desta proposta possuem uma formação que permite o desenvolvimento de processos que auxiliam as atividades produtivas no aproveitamento dos recursos naturais e transformação compostos orgânicos, referentes a indústrias de alimentos, de fermentações, meio ambiente, agricultura, agropecuária, florestal, entre outras. Estes profissionais estarão aptos a atender instituições privadas ou governamentais na sua atividade produtiva ou instituições de pesquisa, técnicas ou procedimentos e/ou a atender como autônomos às necessidades individuais, grupos e organizações, por meio da exploração de seus conhecimentos específicos.


Mercado de trabalho

O campo de atuação do Químico Ambiental é amplo e diversificado. O Químico atuará tanto na indústria Química como em Instituições de Ensino e de Pesquisa, em Empresas ou Órgãos Governamentais que mantenham laboratório de controle químico ambiental. O exercício da profissão de Químico Ambiental compreende: Indústrias e laboratórios de qualquer setor com necessidade de tratamento de resíduos sólidos ou líquidos e emissões para a atmosfera; Empresas que fazem tratamento de águas, resíduos ou contaminação atmosférica; Companhias/órgãos de avaliação ambiental; Departamentos ou áreas que lidam com o Meio Ambiente (Prefeituras, Ministérios, etc.); Universidades (Segurança Química e resíduos), etc.

Fim do conteúdo da página