Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > PPGBiotec > Linhas de Pesquisa
Início do conteúdo da página

Linhas de Pesquisa

Biotecnologia Agroalimentar
A produção de alimentos é um dos pilares de qualquer economia, seja por sua abrangência e essencialidade, seja pela rede de setores direta e indiretamente relacionados, como o agrícola, o de serviços e o de insumos, aditivos, fertilizantes, agrotóxicos, bens de capital. Entretanto, as grandes inovações ocorrem principalmente na área de formulação de ingredientes e aditivos, alimentos funcionais e transgênicos. Os novos aromas, corantes, amidos modificados, enzimas e moléculas, criados pela indústria de ingredientes e aditivos, assim como os microrganismos probióticos, antioxidantes, imunopeptídeos, isoflavonas e outros componentes que caracterizam os alimentos como funcionais representam a maioria das inovações em alimentos.

Biotecnologia Agroindustrial
As transformações decorrentes da globalização da economia exigem políticas e ações de desenvolvimento tecnológico capazes de encurtar distâncias, potencializar demandas e promover interesses e oportunidades no âmbito do agronegócio. Contudo, a prospecção e a priorização de demandas nas cadeias produtivas devem nortear a exigência por ofertas tecnológicas competitivas, pois o consumo popular prevalecente no meio urbano impõe uma crescente demanda por produtos de qualidade e a custos compatíveis, mediante mecanismos de produção e comercialização em escala, além de exigir também um elenco de aspectos não-tecnológicos (legislação, organização, capacitação, políticas e outros) necessários para alavancar o desenvolvimento sustentável da sociedade como um todo.

Biotecnologia em Saúde
Estimular a geração e controle de tecnologias e a conseqüente produção nacional de produtos estratégicos na área de saúde humana e animal para posicionar competitivamente a bioindústria brasileira na comunidade biotecnológica internacional, com potencial para gerar novos negócios, expandir suas exportações, integrar-se à cadeia de valor e estimular novas demandas por produtos e processos inovadores, levando-se em consideração as políticas de saúde.

Biotecnologia Vegetal
Desenvolver cultivo in vitro de espécies que desenpenham algum interesse comercial: Melhoramento genético, Desenvolvimento de biorreatores, ecologia molecular e microrganimos.

 

Fim do conteúdo da página