Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Marcadores > Serviço Social
Início do conteúdo da página

Serviço Social

Câmpus de Miracema oferta 40 vagas em 2 cursos no PSC 2022/2

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UFT lançou edital para o Processo Seletivo Complementar 2022/2. São 785 vagas distribuídas em 42 cursos nos cinco câmpus da UFT e dois da UFNT, para ingresso no segundo semestre de 2022.

As inscrições têm início dia 26 de maio e encerram dia 08 de junho de 2022 e serão exclusivamente online, através da nota no ENEM, dos anos de 2015 a 2021. O resultado está previsto para sair dia 20 de junho de 2022. Todos os detalhes sobre o edital podem ser conferidos em www.copese.uft.edu.br

Câmpus de Miracema

Das 785 vagas oferecidas pelo Processo Seletivo Complementar 2022/2, o Câmpus de Miracema oferece 40, divididas entre os cursos de Serviço Social e Pedagogia. Abaixo, você confere um pouco mais sobre cada curso e o que eles têm a oferecer.

Serviço Social

Modalidade: bacharelado

Quantidade: 20 vagas

Turno: noturno

Duração: 4,5 anos – 9 semestres

Média salarial: R$ 2.588,67

Área de atuação: espaços institucionais governamentais (secretarias, poder judiciário, asilos, órgãos de planejamento) como também não-governamentais (associações, organizações sociais, sindicatos).

Pedagogia

Modalidade: Licenciatura

Quantidade: 20 vagas

Turno: matutino

Duração: 4,5 anos – 9 semestres

Média salarial: R$ 1.851,88 para uma jornada de trabalho de 24 horas semanais (essa média é para o serviço público e educação infantil, podendo variar de acordo com o nível).

Área de atuação: Professor da educação infantil, do ensino fundamental, médio e educação profissional; Gestão educacional; Produtor e difusor de conhecimento científico e tecnológico do campo educacional.

O que falam sobre o curso:

A Gabriela Fernanda do Carmo concluiu o curso de pedagogia em Miracema em dezembro de 2020. Ela escolheu o curso por acreditar na educação pública de qualidade e por querer contribuir na vida de muitos estudantes e na educação do Tocantins. “Nestes 4 anos e meio de curso, tive a oportunidade de produzir e publicar artigos, participar de seminários, participar da escrita de livros, ser monitora voluntária e, além de muito conhecimento, abriu as portas para que eu ingressasse no mestrado em Educação na UFT, no Câmpus de Palmas”, conclui.

Fim do conteúdo da página