Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Miracema

Seleção oferta 35 vagas para cargo de professor substituto na UFT

Até segunda (12) candidatos com titulação como graduados podem efetivar inscrição

Seminário discute ampliação a diversidade das políticas públicas sobre drogas

Ocorre de 28 a 29 de novembro, no auditório do Câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Miracema, o Seminário de Políticas Públicas sobre Drogas: Ampliando a Diversidade. O evento encerrará as atividades do ano de 2016, discutindo e debatendo as políticas públicas sobre drogas nacionalmente e as especificidades na realidade tocantinense. O seminário é gratuito e as inscrições podem ser acessadas pelo endereço eletrônico disponível aqui.

De acordo com a presidente da comissão organizadora do evento, Silvia Costa, o principal objetivo do Centro Regional de Referência (CRR/UFT/Centro-Sul) é capacitar, de forma continuada e articulada com as políticas públicas relacionadas ao tema, os atores governamentais e não governamentais envolvidos nas ações voltadas à prevenção do uso, ao tratamento e à reinserção social de usuários de álcool e outras drogas, além de qualificar e fortalecer ações da rede de atenção a usuários e dependentes.

O professor Hermógenes Moura, explica que a discussão versará sobre questões relativas aos modos como o problema das drogas tem sido abordado na escola. Moura pontua que convidará o público a refletir acerca da própria noção de "droga", como categoria presente no arsenal de conceitos cotidianos, o que, segundo ele, passa por uma discussão de como historicamente o ocidente irá construir essa categoria especialmente referenciada em algo negativo.

"Vamos refletir sobre os processos de construção dos estigmas relacionados a determinadas substâncias e seus usuários, suas repercussões nos modelos de abordagem dessa temática na escola, ressaltando-se a necessidade de desconstrução desse estigma e o imperativo de pensar formas alternativas de lidar com a questão, pautada em evidências científicas e pedagogias ativas. Uma educação para as drogas orientada pela filosofia da redução e prevenção de danos, que prime pela promoção da saúde e autonomia dos escolares", declara Moura.

Mais informações através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (63) 3232-8064.

Confira aquia programação do evento.

Fim do conteúdo da página