Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Miracema

Inscrições abertas para I Seminário de Pesquisa em Educação, Pobreza e Desigualdade Social

Estão abertas até o dia 29 de novembro as inscrições para participar do I Seminário da Pesquisa em Educação, Pobreza e Desigualdade Social (EPDS). As inscrições para apresentação de trabalhos científicos tem prazo diferente, pois ficam abertas até o dia 23 de novembro, e o envio dos resumos deverá ser pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., conforme a chamada pública. Ambas as inscrições são realizadas pelo pelo endereço eletrônico disponível aqui.

O Seminário ocorre no dias 1º e 2 de dezembro, no Câmpus de Miracema da Universidade Federal do Tocantins (UFT), com o tema “Educação, Pobreza e Desigualdade Social: desafios e perspectivas para a pesquisa e para a política educacional”. Na programação ocorrerá palestras, painel e apresentações de trabalho, confira a programação completa.

De acordo com a professora da UFT, Juciley Evangelista, o I Seminário da Pesquisa em Educação, Pobreza e Desigualdade Social (EPDS), tem por objetivo refletir sobre os desafios e perspectivas para a pesquisa e as políticas educacionais e sua relação com as políticas de inclusão social no Brasil e, em particular, no Tocantins. "O evento é direcionado à comunidade acadêmica que desenvolve pesquisa sobre essa relação educação, pobreza e desigualdade social, bem como aos profissionais da educação básica e outros envolvidos com políticas sociais que estabelecem relações com a educação em contextos empobrecidos", destaca.

Público alvo
O I Seminário de Pesquisa em Educação, Pobreza e Desigualdade Social – EPDS/UFT constitui-se num evento de natureza acadêmica e científica, voltado para profissionais e pesquisadores da educação, de políticas públicas e sociais, com a finalidade de promover estudos, reflexões e debates sobre temas político-educacionais, desigualdades sociais e direitos humanos e de socializar trabalhos de pesquisa acadêmica.

 

 

Fim do conteúdo da página