Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Miracema

Câmpus Miracema celebra Dia do Assistente Social com programação especial

No dia 15 de maio é comemorado o Dia do Assistente Social e, para celebrar essa data tão importante, o curso de Serviço Social da Universidade Federal do Tocantins - UFT, Campus Warã - Miracema do Tocantins, promoverá um dia de debate, diálogo e reflexão sobre a profissão e os desafios postos na atualidade.

A programação terá início às 8h da manhã no auditório do campus Warã com uma mesa de abertura e uma palestra intitulada “Serviço Social na conjuntura atual: principais contradições e inovações nas dimensões e competências profissionais”, proferida pela Profª Drª Maria Helena Cariaga, com previsão de início às 09:30h.

No período vespertino, das 14h às 16h, serão ofertados quatro minicursos. No turno da noite, das 19h às 21h, mais dois minicursos. Todos ministrados pelos professores do colegiado do curso de Serviço Social, nas salas de aula do Bloco I.

A coordenadora do Curso de Serviço Social e membro da comissão organizadora, Ingrid Karla Nobrega, explica que o evento é destinado aos acadêmicos dos quatro cursos do Câmpus e a toda comunidade externa. “O colegiado do curso de Serviço Social da UFT preparou uma programação com debates e minicursos voltados à qualificação da formação dos seus estudantes, bem como, a todos os assistentes sociais que atuam na região de Miracema/TO e às instituições parceiras na oferta de estágio, na participação de pesquisas e extensão”, frisa a professora.

As inscrições para os minicursos seguem até o dia 09 de maio. Os interessados podem se inscrever em apenas um minicurso. As atividades serão certificadas, sendo necessário o preenchimento correto dos dados no formulário de inscrição.

Para conferir a lista dos minicursos e se inscrever, clique aqui.

Câmpus Miracema promove Cine debate com a temática “Capitalismo, Expropriação e Resistências dos Povos Indígenas”

No dia 10 de novembro, às 19h, no auditório do Câmpus Miracema da Universidade Federal do Tocantins (UFT), será realizado o Cine debate com a temática “Capitalismo, Expropriação e Resistências dos Povos Indígenas”. Essa é uma ação do Projeto de Extensão “Amazônia: trajetória dos povos, comunidades tradicionais e de assentamentos rurais: o movimento universidade x escola, coordenado pela professora Rosemary Negreiros, na disciplina “Realidade Social da Amazônia, Povos e Comunidades Tradicionais”, como componente de curricularização da extensão, além da vivência nas comunidades.

Essa ação de extensão visa debater textos trabalhados em sala de aula com o recurso didático do audiovisual produzido por indígenas e não indígenas para aproximar estudantes da realidade de expropriação e violência vivenciada pelos povos indígenas, bem como seus processos de resistência e lutas.

O premiado documentário Corumbiara, dirigido por Vicent Carelli, realizado pelo Vídeo nas Aldeias no ano de 2009 será a atração da noite. O longa metragem retrata o massacre de índios na gleba Corumbiara, ao sul de Rondônia, que teria sido praticado por fazendeiros de gado da região, que impediam a demarcação das terras pela Funai.

Corumbiara, assim como outros filmes e documentários, compõe o acervo didático da Biblioteca da UFT – Câmpus Miracema, adquirido por meio do Projeto Vídeo Índio Brasil (2010), Festival de Cinema realizado em 2010 no Câmpus de Miracema,  através da parceria do GT de Cultura com o produtor audiovisual e cineasta miracemense Cássio Renato Cerqueira. Os estudantes indígenas e não indígenas podem ter acesso a esse acervo para realização de atividades acadêmicas e científico-culturais.

A ação de extensão é coordenada pela professora Vanda Micheli Burginski e será mediada pelas acadêmicas Isaura Krendi Xerente e Larieny Smikadi de Brito Xerente, do Curso de Serviço Social da UFT, com as equipes coletivas de trabalho: Jenipapo (Wdêkrã), Cacheado e Gilmara Barbosa.

Câmpus Miracema realiza I Seminário de Estágio em Educação Infantil

Nos dias 28 e 29 de junho, será realizado o I Seminário de Estágio em Educação Infantil do curso de Pedagogia do Câmpus de Miracema, da Universidade Federal do Tocantins (UFT). O evento é voltado à formação docente para a educação infantil, proporcionando reflexões acerca da organização do trabalho pedagógico em creches e pré-escolas.

A construção da proposta e a estruturação da agenda de atividades são fruto do trabalho da professora do Curso de Pedagogia, Ana Corina Machado Spada, que ministra as disciplinas de estágio em Educação Infantil.

De acordo com Ana Corina, “Trata-se de um momento no qual os estudantes podem ampliar seus conhecimentos por meio de palestras, mesas temáticas, minicursos e oficinas, ofertados por docentes pesquisadores e por profissionais da Educação Básica. Além disso, os estudantes que realizaram estágio em Educação Infantil no semestre em curso, farão apresentações, socializando suas experiências e discutindo a docência para crianças menores de seis anos”.

O evento é gratuito. As inscrições devem ser feitas por meio da Plataforma Evento até o dia 27 deste mês.

 

 

Câmpus Miracema recebe visita de estudantes do ensino fundamental

No dia 10 de maio, o Câmpus de Miracema recebeu a visita de aproximadamente trinta estudantes do ensino fundamental, vinculados ao Centro Educacional Fé e Alegria Frei Antônio, situado na cidade de Tocantínia – TO.

O objetivo da visita foi a realização de uma roda de conversa, intitulada, "Dá o Papo: Conversando Sobre Relações de Gênero e Adolescência".

A ação foi coordenada pelo professor Ladislau Ribeiro do Nascimento, em parceria com o professor  Cauê Rodrigues, responsável pela abordagem do tema gênero e masculinidades. A equipe também contou com a participação da psicóloga Yasmin Coelho do Santos Parreão, egressa do Curso de Psicologia; e com as discentes Maria Luiza Kuhnen Kós Araújo e Luana Bogo Monteiro da Silva.

Durante todo o período da manhã, os participantes se envolveram em dinâmicas e atividades preparadas com o objetivo de promover reflexões e análises coletivas sobre as relações entre gênero, masculinidades e violência cotidiana.

Segundo o professor Ladislau Ribeiro, eventos com o potencial de conectar universidade e comunidade são fundamentais para cumprir com o papel de agentes de transformação social.

"Assim que retornamos para a escola, conversei com os estudantes sobre o momento, os mesmos ficaram maravilhados com os assuntos abordados, foi muito enriquecedor e gratificante participar desse momento, só tenho a agradecer ao professor Ladislau e todos da equipe que nos receberam com todo carinho”, relata a professora Gracilene, que acompanhou a turma na atividade.

 

 

Celebrando o Dia do Estudante: Uma Homenagem ao Saber e à Dedicação

Data ressalta a importância da educação e o papel dos estudantes na construção do futuro.

Fim do conteúdo da página