Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Marcadores > Araguaína
Início do conteúdo da página

Araguaína

Araguaína: Encontro discute Saúde Mental e Bem-estar Psicossocial

Em menção à Campanha Nacional denominada "Janeiro Branco", ocorre, nesta terça-feira (31), o I Encontro de Saúde Mental e Bem-Estar Psicossocial. O evento, realizado pela Diretoria de Desenvolvimento Humano, por meio do Setor de Ações em Saúde, do Câmpus de Araguaina da Universidade Federal do Tocantins (UFT), é direcionado aos servidores técnicos-administrativos, terceirizados, docentes e discentes da instituição, e contará com a participação de profissionais da área da Psiquiatria e Psicologia.

Para o psicólogo do Setor de Ações em Saúde, Edilson Barros de Macedo, o encontro é importante para sensibilizar a comunidade acadêmica sobre os cuidados com a saúde mental. "Esse é um assunto ainda pouco discutido na sociedade e, na maior parte das vezes, a pessoa acometida com algum agravo, costuma buscar ajuda especializada apenas quando a situação se torna mais complexa", explica.

O encontro discutirá temas como o cuidado com a saúde mental e a importância da psicoterapia para o bem-estar psicossocial, com a participação do doutor Ricardo Jabur Filho, psiquiatra com formação em Psicanálise, e o doutor em Psicologia Rodolfo Petrelli, além de outros convidados.  

Janeiro Branco

A Campanha "Janeiro Branco" foi criada na cidade de Urberlândia (MG), no ano de de 2014, e tem como objetivo principal  mobilizar a sociedade em favor da saúde mental, mudando a compreensão cercada de tabus e promovendo mais possibilidade de saúde mental a todos.

O mês de janeiro foi escolhido devido ser a época em que as pessoas têm a sensação de um novo começo, novos planos e novo estilo de vida, por isso, os criadores da campanha quiseram aproveitar esse clima para que as pessoas comecem o ano pensando também em sua saúde mental. Além disso, muitas pessoas passam pela melancolia de fim de ano, e janeiro é um momento em que muitas pessoas estão fragilizadas por isso, sendo esse o momento ideal para buscar ajuda profissional e começar a cuidar da mente.

Saiba mais acessando o Projeto "Janeiro Branco".

Agenda

Evento: I Encontro de Saúde Mental e Bem-Estar Psicossocial;
Data: 31 de janeiro de 2016;
Local: Sala G01, BLoco G, Anfiteatro (Cimba), Câmpus de Araguaína;
Palestras: 1. "Cuidado com a saúde mental na contemporaneidade", com o doutor Ricardo Jabur Filho (Prefeitura Municipal de Araguaína), psiquiatra com formação em Psicanálise.
2. "A importância da psicoterapia para o bem-estar psicossocial", com o doutor em Psicologia Rodolfo Petrelli (FACDO).
3. Mesa-redonda: " A importância do cuidado com a saúde mental". Moderador: Luiz Cláudio Ferreira Alves (ITPAC), doutor em Psicologia. Convidados: Psiquiatra doutor Ricardo Jabur; Psicólogo doutor Rodolfo Petrelli; Mestre em Psicologia Lucas Delfino; e  Psicólogo e mestrando Edilson Barros.

Araguaína: Evento discute atividades e práticas em Educação Matemática

Com o tema “Formação de Professores de Matemática e Professores Indígenas que ensinam Matemática na Região Norte: os cursos de formação e a iniciação científica” ocorre, nesta sexta-feira (30), às 8h, na sala H35, Bloco 3P, Câmpus de Araguaína, o I Ciclo de Atividades e Práticas em Educação Matemática.

O evento contará com a palestra intitulada “Grupos de Estudo Colaborativo no Estágio Supervisionado de Matemática: novas perspectivas”, com o professor Gerson Bacury, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e doutorando do Instituto de Educação Matemática Científica (Iemci) da Universidade Federal do Pará (Ufpa).

Segundo a coordenadora geral do evento, professora Elisângela Melo, essa atividade é parte de um projeto interinstitucional entre a Universidade Federal de Tocantins (UFT)/ Câmpus de Araguaína e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam). "O objetivo desse evento é apresentar uma discussão teórica e prática de estudos realizados na Região Norte no âmbito da Educação Matemática e Educação Escolar Indígena", explica Elisângela.

Araguaína: Exame Nacional de Acesso ao ProfLetras será no domingo (23)

No próximo domingo (23), será aplicada, em todas as unidades que compõem a Rede Nacional do Programa de Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras), a prova para seleção dos candidatos para ingresso no curso em 2017. Para as 49 unidades que compõem a rede, entre universidades estaduais e federais, foram disponibilizadas 831 vagas, das quais 16 destas são destinadas à Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Conforme a coordenadora da unidade local, no Câmpus de Araguaína, professora Luiza Silva,  concorrem 182 candidatos para a UFT, o que faz uma média de 11,37 por vaga, evidenciando tanto o interesse dos docentes interessados na qualificação na pós-graduação stricto sensu quanto o desafio da disputa. "Isso é motivo de alegria porque atesta o reconhecimento do trabalho desenvolvido na instituição pelos 12 docentes que compõem o quadro de professores que lecionam e orientam pesquisas voltadas para o ensino de língua e literatura no programa", ressalta.

Luiza ainda acrescenta que do mesmo modo, "serve de indício do reconhecimento da qualidade das pesquisas dos professores da rede pública do ensino fundamental. Todas são propostas inovadoras e de caráter interventivo, resultados de aplicações em salas de aula", conclui.

Professora destaca que todos os candidatos devem ficar atentos para não se atrasarem, considerando o horário de verão. Local de aplicação e horário podem ser conferidos pelo site da Comperve (UFRN), responsável pela realização do certame: http://www.comperve.ufrn.br/conteudo/posgraduacao/profletras/201601/localdeprova.php.

Fim do conteúdo da página