Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

UFNT

Em visita ao HDT-UFT, secretário de estado da Saúde e gestores do hospital falam sobre ampliação na oferta de serviços

Na manhã desta quarta-feira (16), o secretário de estado da Saúde do Tocantins (SES-TO), Afonso Piva de Santana, conheceu as dependências do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição filiada à Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), situada em Araguaína (TO). Na ocasião, juntamente com a equipe gestora do hospital universitário, trataram sobre a ampliação na oferta dos serviços de saúde.

O superintendente do HDT-UFT, Antônio Oliveira, destacou a importância de manter a estreita relação entre o hospital e a Secretaria Estadual de Saúde, tendo em vista que as duas instâncias têm o mesmo objetivo de atender as demandas de saúde da população. O gestor conta que o encontro permitiu a discussão do aditivo ao contrato de prestação de serviço, no qual serão incluídas novas especialidades, novos procedimentos diagnósticos, e a possibilidade da realização de cirurgias eletivas, “que é um gargalo dos serviços de saúde aqui da nossa região, com a fila de procedimentos enorme aguardando esse tipo de cirurgia”, disse.

Durante a visita às instalações do HDT-UFT, o secretário de saúde se diz surpreso com a qualidade da infraestrutura, principalmente em relação ao Laboratório de Simulação Realística, e comentou sobre o potencial do desenvolvimento das atividades do ensino, visualizando a possível oferta de cursos de capacitação para os profissionais da área da saúde de Araguaína e da região médio-norte do Tocantins, e também com a possibilidade de ampliação e diversificação dos serviços e do perfil assistencial de pacientes atendidos pelo hospital.

Sobre a Rede Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Equipes da UFNT e do Hospital Dom Orione se reúnem para tratativas de formalização de convênio

O convênio visa consolidar e ampliar a parceria entre o Centro de Ciências da Saúde (CCS UFNT) e o HDO

Extensão na UFT/UFNT: Rodadas de (Re)conhecimento será realizado nessa quarta-feira (31)

Promovido pela Coordenação do Fórum de Extensão da Universidade Federal doo Norte do Tocantins (UFNT), será realizado no dia 31 de março, às 19h, com transmissão pelo ambiente virtual Google Meet, o projeto "A extensão na UFNT: rodadas de (re)conhecimento."
O objetivo desses encontros é de socializar projetos, programas e experiências de extensão, dando visibilidade à inserção social da universidade. O evento ocorrerá mensalmente.
Para participar dessa primeira rodada do evento, o interessado deve fazer inscrição online. Clique aqui!

Extensão
O Fórum de extensão da UFNT é composto pelos servidores: professor Dr. Dernival Ramos (Campus Araguaína); professora Dra. Fabíola Andrade Pereira (Tocantinópolis); professora Dra. Kênia Costa (Araguaína); professora Dra. Lisiane Claro (Tocantinópolis); professora Ma. Orranete Padilhas (Tocantinópolis) e servidora técnica-administrativa Dra. Samara Galvão.

Confira abaixo a programação completa.

Programação
Mediação: Dra. Samara Galvão – EMVZ

  • Programa de Extensão Clube de Astronomia Sophia Brahe
    Profª. Dra. Sheyse Martins de Carvalho - Colegiado de Física
  • Clube dos livres
    Profª. Dra. Aline Campos - Colegiado de Pedagogia
  • Validação do método de Multiplex PCR para diagnóstico de SARS-CoV-2 utilizando os genes da fosfoproteína do nucleocapsídeo (N) e a região RdRp do gene orf1ab
    Dr. José Carlos Ribeiro Júnior - Colegiado de Medicina Veterinária
  • Cineclube e a Semana da Consciência Negra e o Ciclo de Palestras do NEAF
    Dr. João Batista Felix – Ciências Sociais



Flor do deserto é o próximo filme a ser exibido no Cineclube

O projeto Cineclube da UFNT em Tocantinópolis exibe neste próximo sábado, dia 27 de agosto de 2022, às 18 horas, no Auditório da Diretoria Regional de Ensino de Tocantinópolis, o filme “Flor do Deserto”, dirigido por Sherry Hormann. 

 O filme será seguido de debate, coordenado pela cientista social e mestranda Luciana Conceição da Silva.

As exibições são presenciais, por este motivo, todas os presentes deverão usar máscaras e manter os distanciamentos.

Sinopse

Waris Dirie (Soraya Omar-Scego / Liya Kebede) nasceu em uma família de criadores de gado nômades, na Somália. Aos 13 anos, para fugir de um casamento arranjado, ela atravessou o deserto por dias até chegar em Mogadishu, capital do país. Seus parentes a enviaram para Londres, onde trabalhou como empregada na embaixada da Somália. Ela passa toda a adolescência sem ser alfabetizada. Quando vê a chance de retornar ao país, ela descobre que é ilegal da Somália e não tem mais para onde ir. Com a ajuda de Marylin (Sally Hawkins), uma descontraída vendedora, Waris consegue um abrigo. Ela passa a trabalhar em um restaurante fast food, onde é descoberta pelo famoso fotógrafo Terry Donaldson (Timothy Spall). Através da ambiciosa Lucinda (Juliet Stevenson), sua agente, Waris torna-se modelo. Só que, apesar da vida de sucesso, ela ainda sofre com as lembranças de um segredo de infância.

Grupos de Trabalho

 
Nesse processo de transição entre Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), além da Comissão Central foram estabelecidos quatro Grupo de Trabalho (GT) que atuarão de maneira técnica em macro áreas. 

GT Administração e Finanças 
  • Carlos Alberto Moreira de Araújo Júnior, Reitoria
  • Iracy Martins de Amorim, Reitoria
  • Itamar Coelho Milhomem, Reitoria
  • Jacqueline Araújo Rodrigues, Reitoria
  • Miriam Lucas da Silva Parente, Reitoria
  • Mirlene Alves da Silva, Reitoria
  • Rogério Pereira Marinho, Reitoria
  • Rythor Afonso Fernandes, Reitoria
  • Roberto Antero da Silva, Campus de Araguaína
  • Jailson Duarte, Campus de Araguaína
  • José Carlos Pereira da Costa Júnior, Campus de Tocantinópolis
  • Marcélio Martins Campos, Campus de Tocantinópolis
GT Gestão de Pessoas 
  • Anderson Ferreira de Lima, Reitoria
  • Juliana Souza Logrado, Reitoria
  • Luani Coelho Pedreira Rodrigues, Reitoria
  • Alana Alves Caminha, Reitoria
  • Mauricio Martins Costa, Reitoria
  • Xenise Milhomem Brandao Araújo, Reitoria
  • Ariadne Feitosa Rodrigues Muniz, Reitoria
  • Oldiley de Sousa Santos, Reitoria
  • Flavio Ayres Marinho, Reitoria
  • Edileusa Vieira dos Santos Abreu, Reitoria
  • José Hugo de Oliveira Filho, Campus de Araguaína
  • Andreia de Carvalho Silva, Campus de Araguaína
  • Agailson Alves de Oliveira, Campus de Tocantinópolis
  • Nilton Carlos Ribeiro Loureiro, Campus de Tocantinópolis
GT Planejamento e Desenvolvimento Institucional
  • Deylon Gomes de Moraes, Reitoria
  • Rayenne Neres Montelo Mendes, Reitoria
  • Claudiany Cipriano de Carvalho e Silva, Campus de Araguaína
  • Braz Batista Vas, Campus de Araguaína
  • Marco Aurélio Gomes de Oliveira, Campus de Tocantinópolis
  • Mariane da Silva Pisani, Campus de Tocantinópolis
GT Comunicação
  • Kleber Abreu Sousa, Reitoria
  • Poliana Macedo de Sousa, Reitoria

 

 

Informe sobre a mudança de local do Cineclube

A Coordenação do Cineclube da UFNT em Tocantinópolis informa que, a partir do mês de agosto de 2022, as atividades de exibições e debates dos filmes passarão a ocorrer no Auditório da Diretoria Regional de Ensino de Tocantinópolis, localizada na rua Normal, 184, Setor Céu Azul, aos sábados, às 18 horas, como de costume.

Esta alteração das dependências das exibições e debates está ocorrendo unicamente por conta de problemas meramente técnicos.

Fim do conteúdo da página