Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Professor de Porto Nacional recebe menção honrosa no Prêmio Capes de Tese
Início do conteúdo da página
Premiação

Professor de Porto Nacional recebe menção honrosa no Prêmio Capes de Tese

Escrito por Denise Neves | Revisão: Paulo Aires | Publicado: Miércoles, 23 Agosto 2023 09:49 | Última actualización: Miércoles, 06 Marzo 2024 11:44

O professor Dr. Marcelo Gonzalez Brasil Fagundes, do curso de História de Porto Nacional, recebeu menção honrosa no Prêmio de CAPES de Tese – edição 2023. O Prêmio tem por objetivo reconhecer as melhores teses de doutorado defendidas em programas de pós-graduação brasileiros.

Na última segunda-feira, 14 de agosto, a CAPES divulgou o resultado preliminar do Edital no 2/2023. Com 1469 trabalhos, essa edição que teve o maior número de inscritos nos 19 anos de concurso. Ao todo, 49 teses foram premiadas na primeira etapa, uma por área de conhecimento. Destas, três irão receber o Grande Prêmio CAPES de Tese em novembro. A comissão de avaliação pode ainda atribuir até duas menções honrosas por área de conhecimento, a serem concedidas em forma de certificados aos autores, orientadores, coorientadores e ao programa em que foi defendida a tese.

A tese intitulada Fragmentos de uma história Panhĩ: história e território Apinajé na longa duração, de autoria do Prof. Dr. Marcelo Fagundes, defendida em junho de 2022, no Programa de Pós-graduação em História, da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, vinculada a linha de pesquisa de História Indígena, etno-história e Arqueologia e ao Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia – LEIA, sob a orientação do Professor Dr. Lucas de Melo Reis Bueno, recebeu a menção honrosa na área de História.

A tese abordou a história do povo indígena Apinajé a partir da análise de diferentes fontes históricas, considerando-a em uma perspectiva de longa duração. Inserida no campo de estudo da História Indígena, a pesquisa investigou a história territorial do povo Apinajé, observando sua formação, a luta pela consolidação e manutenção de seu território, a partir da noção da relação intrínseca entre história e território para os povos indígenas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página