Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Professor George França é condecorado com a Comenda Zumbi dos Palmares
Início do conteúdo da página
PORTO NACIONAL

Professor George França é condecorado com a Comenda Zumbi dos Palmares

Escrito por Samuel Lima | Publicado: Martes, 22 Noviembre 2022 14:22 | Última actualización: Martes, 22 Noviembre 2022 15:00

Professor França (ao centro) no momento de entrega da Comenda (Foto: Antônio Cruz/Secom Porto Nacional)O professor da UFT, Câmpus de Porto Nacional, George França, foi um dos homenageados com a Comenda Zumbi dos Palmares, na noite da última segunda-feira (21),  em programação da Prefeitura de Porto Nacional alusiva ao Dia da Consciência Negra. O evento ocorreu no auditório do Câmpus e reuniu artistas, intelectuais da cidade, docentes e discentes da UFT e autoridades da cidade.

A Comenda foi entregue pelo prefeito da cidade, Ronivon Maciel. Para o professor França, é uma honra integrar o time dos homenageados. "A comenda é dada para poucas pessoas, ou seja, é uma das mais importantes homenagem do Dia da Consciência Negra no Estado do Tocantins. Enfim, é um grande 'título'", complementou o docente, que recebeu a Comenda juntamente com a professora/educadora Gilma Alves Ferreira Torres e Alexsandro Rodrigues dos Santos, conhecido como Mestre Penugem (título da Capoeira).

A Comenda tem por objetivo homenagear personalidades que fizeram e fazem parte da cultura afrodescentente em Porto Nacional. A programação contou, além da entrega das Comendas, com palestras, danças, poesias e rodas de conversas. De acordo com dados da Prefeitura de Porto Nacional, participaram do evento o cantor, compositor e portuense, Everton dos Andes e os grupos Congos de Ipueiras do Tocantins e Saia Rodada, que apresentaram a súcia, tradicional dança que se manifesta no giro da folia do Divino Espírito Santo.

O prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel, enfatizou a importância dos avanços na luta pela igualdade no país, sobretudo, na cidade. "Nós somos uma das poucas cidades que tem uma lei municipal que  traz o dia da Consciência Negra. Porto Nacional é uma cidade que sempre construiu muita resistência e muitas lutas. sabemos que é necessário que sejamos mais ousados para que possamos fortalecer e continuar avançando na luta pelos direitos do povo negro”, pontuou o prefeito portuense."

Conheça os homenageados

Gilma Alves Ferreira Torres - Professora/educadora na educação pública estadual, propagadora e incentivadora da leitura e escrita. Desenvolve projetos nas escolas e movimentos sociais pelo empoderamento e visibilidade da história e cultura afro-brasileira e da luta contra o racismo e feminicídio. Movimentos sociais que milito: GRUCONTO/Coletivo de Mulheres Negras e Populares de Porto Nacional,  Alagbara: Articulação de Mulheres Negras e Quilombolas do Tocantins, Levante Feminista/AMB-TO;

George França - Professor Associado da Universidade Federal do Tocantins UFT no curso de Letras Libras e no Programa de Pós-Graduação Modelagem Computacional de Sistemas- PPGMCS. Doutor em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Graduado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Mestre em Engenharia de Produção e Sistemas: Mídia e Conhecimento pela mesma Universidade. Foi Pró-reitor de Graduação da Universidade do Tocantins - UNITINS, Pró-reitor de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Tocantins - UFT e diretor do Câmpus de Porto Nacional da UFT.

Mestre Penugem - Alexsandro Rodrigues dos Santos, conhecido na capoeira como Penugem, nasceu em Porto Nacional-TO, viveu sua infância no Bairro São Judas Tadeu, (Buracão). Filho de Aquiles Rodrigues Monteiro e Márcia Nazaré Rodrigues dos Santos, foi criado pelos avós maternos e pais afetivos, Albertina Santana Rodrigues e Marciano Rodrigues dos Santos. Penugem nasceu em 1975 e iniciou na capoeira com o Mestre Timbal, em 1986 na Comsaúde, quando estava com 11 anos de idade. Penugem é Serralheiro de profissão e funcionário público municipal em Palmas/TO, desde 2005. Seu Mestre é Luiz Carlos da Silva, (Mestre Timbal), do Grupo Terreiro de Capoeira Angola São Luiz dos Palmares, que foi aluno de Mestre Sabú (Pioneiro da capoeira em Goiás).  (Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Porto Nacional).

Confira mais algumas imagens do evento:

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página