Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologias > Regulamentação > Ensino > Cursos de Graduação > CST em Gestão de Cooperativas - Tecnólogo - Araguaína
Início do conteúdo da página

CST em Gestão de Cooperativas - Tecnólogo - Araguaína

Dados Gerais sobre o Curso
Local: Câmpus de Araguaína
Formação: Tecnólogo
Criação: Resolução Consuni nº 14/2007, de 09/09/2007 (Reuni).
Autorização: Portaria MEC nº 295 de 15/12/2010 – DOU de 17/12/2010, S.1, p. 64.
Reconhecimento: Portaria MEC nº 431, de 21/10/2011, S.1, p. 20.
Objetivos do Curso

Como objetivo geral, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Cooperativas visa a uma formação profissional e humana – capaz de satisfazer às necessidades locais partindo do aproveitamento racional das potencialidades regionais – voltada para o desenvolvimento e para a operacionalização de processos gerenciais de organizações cooperativas. Acrescentamos ainda a necessidade de desenvolver nos alunos espírito crítico capacitando-os a absorver novos conhecimentos.

Perfil e campo de atuação do profissional formado em Gestão de Cooperativas

O profissional formado pelo curso de Gestão de Cooperativas deve ser capaz de aplicar a tecnologia para uma melhor implementação dos conceitos e práticas fundamentais do cooperativismo. Deve ser capaz de implementar e gerenciar os diversos setores de uma cooperativa. Nesse sentido, o curso formará profissionais aptos a atuar na gestão de organizações cooperativistas, empregando modelos inovadores de gestão e respondendo às demandas, frente a um mercado competitivo e em constante transformação. O tecnólogo em Gestão de Cooperativas da UFT deverá ser um profissional com formação humanística, pró-ativo, com visão estratégica e sistêmica e espírito empreendedor, capaz de interagir nas especificidades regionais e locais, em conexão com o contexto mundial, atuando como agente de mudança na gerência de sistemas organizacionais cooperativados, de forma inovadora e pautada nos princípios de justiça e ética profissional.

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia os profissionais egressos atuarão em cooperativas singulares, cooperativas centrais ou federações e confederações de cooperativas, tais como: cooperativas de produtores, de consumo, mistas, de crédito, de trabalho e habitacionais.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página