Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Porto Nacional
Início do conteúdo da página

Porto Nacional

Programas de monitoria PIM e Pimi encerram inscrições nesta quinta-feira

Acadêmicos da Universidade Federal do Tocantins (UFT) que tenham interesse em participar do Programa Institucional de Monitoria (PIM) e Programa Institucional de Monitoria Indígena (Pimi) ainda podem se inscrever, até esta quinta-feira (9), para concorrerem a uma das 198 bolsas disponíveis. As inscrições são realizadas nas Coordenações dos Cursos nos câmpus de Palmas, Arraias, Araguaína, Miracema, Porto Nacional e Tocantinópolis, conforme editais disponíveis ao final do texto.

Do total, 147 bolsas são para o PIM e 51 para o Pimi. A seleção é para os semestres de 2016/2 e 2017/1, sendo o valor da bolsa mensal de R$ 400 reais e o período regular para o exercício da bolsa de monitoria é dentro do período letivo semestral; no máximo, quatro meses.

Os programas de monitorias contemplam atividades de caráter didático-pedagógico desenvolvidas pelos alunos e orientadas por professores, que contribuem para a formação acadêmica do estudante. Esses programas buscam auxiliar os alunos com o objetivo de diminuir, ao máximo, o índice de reprovação e evasão de estudantes.

Mais informações nos links dos editais abaixo, ou no telefone (63) 3232-8162 ou email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..
 
-Edital nº 08/2017 - Prograd - Seleção PIM 2016.2 (Cursos que aderiram à greve).
-Edital nº 09/2017 - Prograd - Seleção PIM 2017.1 - Educação do Campo (Tocantinópolis), Psicologia (Miracema) e Letras-Libras (Porto Nacional).
-Edital nº 10/2017 - Prograd - Seleção Pimi 2016.2 (Cursos que aderiram à greve).
-Edital nº 11/2017 - Prograd - Seleção Pimi 2017.1 - Psicologia (Miracema) e Educação do Campo (Tocantinópolis).
-Edital nº 14/2017 - Prograd - Retificação dos Editais n.ºs 08, 09, 10 e 11/2017.

Projeto desenvolvido por pesquisadores da UFT auxiliou na obtenção de recursos para equipar escola

Professores do curso de Ciências Biológicas, Câmpus de Porto Nacional, desenvolveram um projeto por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) que auxiliou o Colégio Estadual Dr. Pedro Ludovico Teixeira a conseguir recursos para equipar as salas de aula com ar condicionados.

O projeto que foi publicado como artigo científico intitulado de “O conforto ambiental do professor em sala de aula”, forneceu dados técnicos para petição usada pela diretora da escola que encaminhou para secretaria de educação e a assembleia legislativa.

Fizeram parte desse trabalho os pesquisadores Premma Hary Rodrigues Moura; Paulo Rogério Alves Cerqueira; Kleiton Dias Meireles; Lucas Barbosa e Souza; Kellen Largares Ferreira Silva e Carla Simone Seibert.

A proposta do levantamento era avaliar o conforto ambiental dos professores, durante suas atividades em sala de aula. Os resultados demonstraram espaços com alta incidência de ruídos e luminosidade inadequada. Também foram identificados ambientes muito quentes e com baixa umidade, principalmente no turno vespertino, com as maiores temperaturas no final do inverno.  

“Com essas informações a diretora da escola teve a ideia de juntar o artigo a documentos para encaminhar para secretaria de educação e a assembleia legislativa que resultou na climatização das salas de aula”, informou o Kleiton Meireles acrescentando que “foi uma boa iniciativa e fez com que sentíssemos que fizemos a diferença para toda a escola. Uma conquista grande”, declarou.

 

Fim do conteúdo da página