Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Reitoria
Início do conteúdo da página

Reitoria

Vice-reitor reúne com deputado Ricardo Ayres e representantes dos cursos da saúde para apresentar projeto de construção do Hospital Universitário

Na manhã desta segunda-feira, 18, o vice-reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Marcelo Leineker, reuniu com o deputado federal, Ricardo Ayres e com representantes dos cursos de Medicina, Nutrição e Enfermagem a fim de apresentar o projeto de construção do Hospital Universitário da instituição. Estavam presentes na reunião o diretor do câmpus Palmas, Moisés de Souza Arantes, a coordenadora do Curso de Enfermagem, Julliany Dias, o professor do Curso de Nutrição, Rodolfo Castilho, o prefeito do Câmpus Palmas, João Batista, o presidente e vice-presidente do Centro Acadêmico de Medicina, Pedro Lucas e Lucas Scalia, respectivamente, e o presidente do CA de Nutrição, Weldson Carlos.

Na ocasião, o deputado Ricardo Ayres informou que a bancada tocantinense, que compõe a Comissão Mista de Orçamento (CMO), reuniu-se e “nós tiramos o indicativo de encaminhar para o relator setorial da educação, o aporte de 100 milhões de reais para a construção do hospital universitário para o ano que vem”, relata Ayres ao frisar que irão trabalhar para esse valor ser aprovado na CMO. “Mas é muito satisfatório já levarmos esse indicativo adiante”, pontua.

Segundo o vice-reitor, a construção do Hospital Universitário atende dois fatores fundamentais para a UFT, o campo de formação dos estudantes das áreas da saúde e o desenvolvimento de pesquisas voltadas para a região. “Temos dois fatores fundamentais, um é mais urgente que diz respeito ao campo de estágio dos estudantes (...). O segundo é trabalhar a pesquisa. O objetivo principal de um hospital universitário, além da formação é a pesquisa das condicionantes de saúde que tem a ver com a nossa região. Acho que esse é o grande ganho para a sociedade porque com o hospital universitário, nós vamos desenvolver pesquisas voltadas para a melhoria da saúde da região que estamos inseridos”, destaca Leineker.

A coordenadora do Curso de Enfermagem, Julliany Dias, pontua a importância do hospital universitário para a população que passa a usufruir de um serviço qualificado. “Então a gente vê que para além de favorecer nós enquanto universidade, isso vai favorecer a comunidade como um todo”.

Entenda

O Estado doou o terreno para a construção do Hospital Universitário da UFT, localizado próximo ao Hospital do Amor, em Palmas, mas por falta de repasses financeiros do governo federal, a obra não foi iniciada. A UFT permanece com todos os projetos de construção válidos (arquitetônico, hidráulico e elétrico), inclusive, foi-se realizada a estimativa para atualização do valor da obra, o pagamento de taxas de lixo e iluminação pública do terreno.

Os gestores da UFT participaram de diversas reuniões em Brasília com o Ministério da Saúde, com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), na Câmara dos deputados, no Senado, em busca de inclusão do valor da obra no orçamento federal de 2024.

Fim do conteúdo da página