Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Agronomia > Regulamentação > Ensino > Cursos de Graduação > Letras - Língua Portuguesa e Literaturas - Licenciatura - Porto Nacional
Início do conteúdo da página

Letras - Língua Portuguesa e Literaturas - Licenciatura - Porto Nacional

Dados Gerais sobre o Curso
Local: Câmpus de Porto Nacional
Formação: Licenciado
Criação: Lei nº 4.505, de 12/08/1963, de 04/09/1963.
Autorização: Decreto Estadual nº 860, de 01/11/1999 - DOE de 12/11/1999, p. 17790.
Reconhecimento: Decreto Estadual nº 860, de 01/11/1999 - DOE de 12/11/1999, p. 17790.
Renovação de Reconhecimento: Portaria MEC nº 123, de 09/07/2012-DOU de 10/07/2012, S.1, p. 86 e 87.
Objetivos do curso
Objetivo Geral

Oportunizar ao futuro profissional de Letras formação teórico-crítica em língua portuguesa e respectivas literaturas.

Objetivos Específicos:

Propiciar domínio em análise lingüística nos níveis fonético-fonológicos, morfossintáticos, semânticos, pragmáticos e discursivos; Despertar e aprimorar a percepção estética e política do discurso literário como leitura de mundo; Apresentar meios para a apreciação da arte no cotidiano do exercício docente; Estimular formas de pesquisa através de análises teóricas nas interações, nas ciências, na cultura, nas tecnologias; Formar profissionais para ações críticas e responsáveis tanto na Educação básica quanto no Ensino Médio.

Perfil e campo de atuação do profissional formado em Letras (Licenciatura) :

Tendo em vista a multiplicidade de papéis que o docente exerce ou pode vir a exercer no quadro da sociedade em geral e nas diversas aplicações profissionais, entende-se que o graduando do Curso de Letras deve demonstrar capacidade de articular a expressão lingüística e literária. Sua atuação social e profissional tem como intencionalidade a construção da consciência de cidadania que pressupõe diferentes formas, meios e modos de linguagem, correspondentes a diferentes interesses em constante confronto e conflito, exigindo do cidadão a capacidade de situar-se e afirmar-se no interior dos conflitos. Para tanto, o graduando do Curso de Letras deverá não apenas saber fazer uso dos recursos da língua oral e escrita, como também ser capaz de desempenhar o papel de multiplicador, capacitando outras pessoas para a mesma proficiência lingüística, em vista de práticas discursivas menos assimétricas para manutenção de formas de vida democráticas.

O profissional oriundo do Curso de Licenciatura em Letras do Campus de Porto Nacional atuará nas Escolas públicas e particulares de Educação Básica, cuja oferta encontra-se em expansão, requerendo profissionais competentes no ensino e na aprendizagem em língua portuguesa, estrangeiras e literaturas. Observa-se, ainda, a constituição de inúmeras fundações, institutos e universidades, atuando no ensino superior, nas diversas áreas do conhecimento no Estado que necessitarão de profissionais qualificados para o exercício da docência e com competências na operacionalização das diferentes linguagens.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página