Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Agronomia > Regulamentação > Ensino > Cursos de Graduação > Ciência da Computação - Palmas
Início do conteúdo da página

Ciência da Computação - Palmas

Dados Gerais sobre o Curso
Local: Câmpus de Palmas
Formação: Bacharelado
Criação: Resolução/0036/ConselhoCurador/2000, de 31/01/2000.
Autorização: Parecer CEE/CES nº 340 de 20/12/2002.
Reconhecimento: Decreto Estadual nº 1.772, de 16/06/2003 - DOE de 27/06/2003.
Renovação de Reconhecimento:
  1. Portaria MEC nº 686 de 22/03/2011 – DOU de 24/03/2011, Seção 1, p. 24;
  2. Portaria MEC nº 123, de 09/07/2012 - DOU de 10/07/2012, S.1, p. 86 e 87.
Objetivos do curso

O curso de Ciência da Computação da UFT visa a formação de profissionais que atuem no desenvolvimento tecnológico da computação (hardware e software), tendo como atividade-fim absorver as novas tecnologias de hardware e software e contribuir para a criação e desenvolvimento dos mesmos. Sua proposta curricular visa ao desenvolvimento dos conceitos computacionais nas aplicações em atividades-fim da informática e a formação de recursos humanos para o desenvolvimento científico e tecnológico da computação objetivando o desenvolvimento de recursos computacionais. Os conceitos apresentados nas disciplinas oferecidas no curso são os fundamentos para o conhecimento da área de computação e preparam o acadêmico para desenvolver tarefas que utilizam os recursos computacionais como atividade-meio, na solução de problemas em que a informática pode ser aplicada.

Perfil e campo de atuação do profissional formado em Ciência da Computação

Os egressos do bacharelado em Ciência da Computação devem ser profissionais capazes de aplicar seus conhecimentos de forma independente e inovadora, acompanhando a evolução do setor e contribuindo na busca de diferentes soluções nas diferentes áreas aplicadas. Devem manter a preocupação constante com a atualização tecnológica, dominando conhecimentos básicos das legislações trabalhistas e de propriedade intelectual e conhecer e respeitar os princípios éticos que regem a sociedade, em particular os da área de computação.

Esses profissionais podem plenamente exercer as atividades de análise de sistema, atuando no projeto e desenvolvimento de sistemas fundamentais da computação, como: banco de dados, sistemas operacionais, compiladores e redes de computadores; elaboração de projetos e desenvolvimento de programas aplicativos destinados a automatizar procedimentos comerciais; elaboração de projetos e desenvolvimento de sistemas de controle em empresas de eletrônica industrial e comercial; gerência em centros de informática.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página