Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estudantes contam suas experiências com a leitura e indicam obras
Início do conteúdo da página

Estudantes contam suas experiências com a leitura e indicam obras

Por Érica Regina Ferreira e Samuel Lima | Publicado: Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h44 | Última atualização em Segunda, 16 de Janeiro de 2017, 09h33

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) tem bibliotecas abertas ao público com acervo amplo em todos os sete câmpus, e o período de férias é um bom momento para os estudantes explorarem esse ambiente com calma e desfrutar de uma boa leitura sem pressa. As leituras técnicas de livros teóricos indicados para cada curso são a preferência dos usuários. Aos que procuram se deleitar em outros tipos de leitura, as bibliotecas contam com variados exemplares, entre esses clássicos, entretenimento, literatura brasileira e autores contemporâneos e tocantinenses. Muitos estudantes da UFT estão aproveitando o período de recesso para colocar a prática da leitura em dia.

Imagem interna da Biblioteca Central, no Câmpus de Palmas (Acervo/Dicom)Imagem interna da Biblioteca Central, no Câmpus de Palmas (Acervo/Dicom)

O professor do curso de Letras, do Câmpus de Araguaína, Márcio de Melo, falou sobre o espaço que a leitura tem nos dias de hoje, em que a internet domina os meios de comunicação. “Navegar na internet não deixa de ser um ato de leitura, mas em relação às literaturas ‘clássicas e escolares’, há de fato, uma perda de espaço. No entanto, outros tipos de literaturas têm conseguido ganhar os jovens; além disso, a facilidade de acesso ao e-book, e jogos eletrônicos que são inspirados em grandes clássicos, movimentam o mercado editorial e faz com que os adolescentes continuem lendo, mesmo nos dias de hoje”, disse.

O estudante de Comunicação Social, Luís Felipe Gomes, falou da importância e influência da leitura na sua vida. “Acredito que ler seja essencial na vida de qualquer pessoa. A leitura molda caráter, nos enriquece com cultura e conhecimento e, sendo assim, esta prática tem influenciado até hoje no meu modo de ser. Não há maneira melhor de expandir horizontes do que lendo”, declarou.

Gomes ainda falou sobre as obras que tem lido no período das férias. Ele indicou alguns livros para quem ainda não tem o hábito de ler regularmente. “No momento estou lendo o livro ‘A Condenada’, de Chuck Palahniuk. Outras obras que li recentemente e gostei bastante foram o ‘O Beijo de Vesúvio’, de Paulo Aires, e ‘A Passeio’, de Daniel dos Santos e Ciro Gonçalves. Estes dois últimos livros são de autores tocantinenses. Para aquelas pessoas que não tem o hábito de ler regularmente, eu indico o livro ‘A Passeio’, pois se trata de uma obra em quadrinhos, que é uma leitura mais atrativa, além de ser um livro bem humorado, pessoal e reflexivo, tudo em uma excelente dosagem”, concluiu.

Leandro Pires aproveita suas folgas para ler os livros sugeridos pelos professores. (Foto:Érica Regina Ferreira)Leandro Pires aproveita suas folgas para ler os livros sugeridos pelos professores. (Foto:Érica Regina Ferreira)

Já o estudante do segundo período de Filosofia, Leandro Pires, procura ler em seu tempo de folga alguns livros indicados pelos professores durante a graduação. “Li recentemente ‘Ética a Nicômaco’, de Aristóteles, e ‘Fundamentação da Metafísica dos Costumes’, de Immanuel Kant. O livro de Aristóteles foi indicado em três disciplinas diferentes no primeiro período do curso. Essa foi uma leitura que me deu muito prazer, pois já sou familiarizado com a linguagem usada pelo autor, além de ter lido o livro quase dez vezes. Acredito que esta obra é uma boa sugestão de leitura para os estudantes que ainda vão começar o curso de Filosofia, e é um livro relativamente pequeno, podendo facilmente ser concluído durante as férias”, disse.

Assim como Pires, o estudante de Engenharia Civil e ex-aluno do curso de Ciência da Computação, Saulo de Souza, também indicou alguns livros para aqueles que estão iniciando a graduação. “Na área da Informática, os calouros podem ler ‘Use a cabeça! Desenvolvendo para Android’, de Dawn Griffiths e David Griffiths, além dos livros de Andrew Stuart Tanenbaum, que também são muito bons. Outra obra que indico, essa mais voltada para cálculos, é ‘O Cálculo com Geometria Analítica’, de Louis Leithold”, comentou.

Souza atribui suas vitórias ao hábito de ler e contou sobre o certificado de maior leitor que ganhou no ensino médio. “Estudei em escola pública de cidade pequena a vida inteira, e se não fosse a constante leitura durante a minha infância e adolescência, tenho plena certeza que não conseguiria uma vaga na universidade federal ou ser aprovado em concursos. No terceiro ano do ensino médio, cheguei a ler 72 livros da biblioteca escolar, e ganhei até um certificado de maior leitor da instituição”, declarou.

Acervo e Semana do Livro
Segundo dados do Sistema de Bibliotecas da UFT (Sisbib), o acervo total da Universidade é de mais 73 mil títulos e superando 254 mil exemplares, divididos pelas oito bibliotecas em sete câmpus. Os dados estão atualizados até o final do ano passado. Edson de Sousa Oliveira, diretor do Sisbib, informa que já há uma comissão trabalhando para a realização da III Semana do Livro e das Bibliotecas da UFT, que deverá ocorrer no segundo semestre deste ano. "É uma excelente oportunidade para consolidar o Sistema e integrar ainda mais a comunidade acadêmica em torno da importância da leitura", pontua o diretor.

Tabela do Acervo das Bibliotecas - Atualizado até 31dez16 (Divulgação/Sisbib UFT) 

Na última edição da Semana do Livro, realizada em 2014, foram realizadas diversas atividades, como palestras com temáticas voltadas para leitura e literatura, Cinebiblio, exposição de livros danificados e novos, encontro com autores tocantinenses, disponibilização de espaços de livre leitura para comunidade, varal literário, campanha de busca de livros, feira do escambo, oficinas, minicurso de teoria e práticas de preservação e conservação de acervos documentais e exposição de livros de autores tocantinenses.

Mural e exposição de autores tocantinenses foi uma das ações da II Semana do Livro em 2014(Foto: Divulgação Sisbib UFT)Mural e exposição de autores tocantinenses foi uma das ações da II Semana do Livro em 2014 (Foto: Divulgação Sisbib UFT)

Leia mais sobre as bibliotecas e seu funcionamento durante o recesso no link abaixo:

Bibliotecas da UFT têm horário diferenciado no recesso

registrado em:
Fim do conteúdo da página