Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Gestão > Órgãos Complementares > Diretoria de Assuntos Internacionais (DAI)
Início do conteúdo da página

Diretoria de Assuntos Internacionais (DAI)

Ícone_ebw.png

 

Bem-vindo | Welcome | Bienvenido

 

 

Você sabe como realizar a sua inscrição gratuitamente no

Toefl-ITP pela UFT?

O programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) ampliou a aplicação do teste de nivelamento Toefl-ITP para que seja a porta de entrada nas demais ações do programa referentes à Língua Inglesa. 

Um dos requisitos para a inscrição no curso My English On-Line (MEO) e nos cursos presenciais de inglês será o resultado do teste, que pode ser realizado mais de uma vez e gratuitamente.

O Toefl-ITP é importante para o estudante mensurar a compreensão oral, escrita, vocabulário e gramática em língua inglesa e para a avaliação do próprio Idiomas sem Fronteiras (IsF).

Saiba mais no site do Ministério da Educação. Confira o tutorial para se inscrever AQUI.

 

 

 

Sobre a UFT

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) é uma universidade pública sediada na cidade de Palmas, com câmpus também nas cidades de Araguaína, Arraias, Gurupi, Miracema, Porto Nacional e Tocantinópolis.

Foi criada por lei em 23 de outubro de 2000. No entanto, suas atividades só se iniciaram em maio de 2003, com a posse dos primeiros professores efetivos. A UFT nasceu com a missão de se tornar um diferencial na educação e no desenvolvimento de pesquisas e projetos inseridos no contexto socioeconômico e cultural do Estado.

Com sete câmpus distribuídos de norte a sul do Tocantins, a UFT firma-se hoje como uma instituição compromissada com a formação e promoção integral do ser humano, respeitando as diversidades biológicas, étnicas e culturais de nossa terra. Centra suas ações na promoção da melhoria da qualidade do ensino, pesquisa e extensão; na promoção de uma política de extensão através da ação comunitária e assistência ao estudante; na integração com o sistema nacional e internacional de ensino e pesquisa, favorecendo, desta forma, o fortalecimento da instituição no contexto regional e nacional.

A universidade mantém 48 cursos de graduação (licenciatura e bacharelado), com a consolidação da pós-graduação lato e stricto sensu, com o sucesso de um número cada vez maior de pesquisas de destaque nacional, com uma extensão preocupada com a permanência e a qualificação do aluno, sempre ao lado da população tocantinense.

A universidade mantém cerca de 50 cursos de graduação presenciais e a distância, 20 programas de pós-graduação stricto sensu e diversos cursos de especialização lato sensu, e desenvolve um número cada vez maior de pesquisas de destaque nacional, com uma extensão preocupada com a permanência e a qualificação do aluno, sempre ao lado da população tocantinense.

 

 

Sobre a DAI

A Diretoria Assuntos Internacionais (DAI) atua na elaboração de acordos internacionais mantidos pela UFT e na orientação de alunos e professores que buscam oportunidades de intercâmbio acadêmico e estudos no exterior. As áreas de atuação da DAI são:

  • Convênios e intercâmbios: A função da DAI envolve tanto o papel de intermediação entre grupos na UFT e em instituições estrangeiras interessadas em formalizar processos de intercâmbio e cooperação, como o de coordenação e gerenciamento de acordos e convênios de abrangência institucional. Trabalhamos também com a regulamentação de alunos de graduação da UFT no exterior e alunos estrangeiros na UFT, dando o respaldo legal que valoriza e formaliza este processo.
  • Coleta e divulgação de informações: A DAI busca e recebe uma quantidade crescente de informações sobre todos os aspectos de intercâmbio e cooperação internacional (cursos, bolsas, congressos, estágios, publicações etc). Para divulgar, da forma mais democrática e eficiente possível essas informações, a DAI utiliza-se de cartazes, folderes, internet e envio direto das informações para os programas, cursos e pesquisadores mais diretamente interessados.
  • Representação institucional e articulação internacional: Cabe à DAI representar a UFT em fóruns nacionais e internacionais, e também participar ativamente na articulação das assessorias para assuntos internacionais em outras Instituições de Ensino Superior (IES), por meio do Fórum de Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais (Faubai).

 

 

Sobre o Tocantins

O Tocantins é uma das 27 unidades federativas do Brasil, sendo seu mais novo estado. Está localizado a sudeste da Região Norte e tem como limites o Maranhão a nordeste, o Piauí a leste, a Bahia a sudeste, Goiás a sul, Mato Grosso a sudoeste e o Pará a noroeste. Ocupa uma área de 277.620 km², pouco menor que o Equador, e ligeiramente maior que Burkina Faso e Nova Zelândia. Sua capital é a cidade planejada de Palmas.

As cidades mais populosas são Palmas, Gurupi, Araguaína, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins e Colinas do Tocantins. O relevo apresenta chapadas ao centro, ao sul e ao leste, a Serra Geral a sudeste, a Serra Traíras (ou das Palmas) ao sul, e a planície do Araguaia, com a ilha do Bananal, nas regiões norte, oeste e sudoeste. São importantes o rio Tocantins, o rio Araguaia, o rio do Sono, o rio das Balsas e o rio Paranã. O clima é tropical.
A economia se baseia no comércio, na agricultura (arroz, milho, feijão, soja), na pecuária e em criações.

Mesmo sendo o Estado mais jovem do país, o Tocantins conta com uma cultura popular extremamente rica, com manifestações seculares, um amplo calendário de eventos e artistas talentosos em todas as áreas.

Apresenta construções históricas, como a Catedral de Nossa Senhora das Mercês, construída em 1904, em Porto Nacional; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Negros, em Natividade; e a Igreja de Nossa Senhora da Consolação, em Tocantinópolis.

Uma das festas mais tradicionais do Estado é a Romaria do Senhor do Bonfim, em Natividade.

O Tocantins é consagrado como um dos mais belos destinos do Brasil, por abrigar regiões turísticas que encantam visitantes de todo o mundo. São elas: Encantos do Jalapão, com dunas de areias e lagoas de águas cristalinas; a Região Serras Gerais e suas cidades históricas que nos levam a um passeio pelo Brasil colonial; Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do mundo; Lagos e Praias do Cantão, onde o rio Araguaia proporciona um espetáculo a parte; e Região Serras e Lago, que combina belezas naturais e modernidade em um só roteiro.

Aqui, o cerrado, o pantanal e a floresta amazônica se encontram num espetáculo raro, que pode ser apreciado em poucos lugares do mundo.

Dos tempos do Brasil colonial, o Tocantins guarda cidades históricas, como Porto Nacional, Arraias e Natividade. E no mistério dos antigos casarios, a tradição e a religiosidade de um povo.

O Estado fica localizado no centro do país, com acesso facilitado por via terrestre, aérea e futuramente, ferroviária.

Fonte: www.guiadoturista.net/tocantins

 

Transporte público em Palmas

A cidade de Palmas dispõe de um sistema de transporte coletivo intermunicipal composto por cinco estações: Apinajé, Karajá, Xerente, Krahô, Xambioá. Para utilizá-lo é importante que você adquira o Cartão do Usuário, pois com ele você terá o benefício da integração das linhas, o que contribui para reduzir o custo das viagens de acordo com a rota que você escolher.

Para solicitar sua carteira de usuário, dirija-se à sede do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Seturg) com os seguintes documentos:

  • Comprovante de matrícula (disponível no Portal do Aluno)
  • Cópia dos documentos pessoais
  • Cópia do comprovante de residência

A emissão do cartão custa R$ 4,00 e é feita na hora. Após recebê-lo, você estará apto a adquirir créditos estudantis.

Aproveite e peça gratuitamente o Cartão de Estudante da UFT (de cor laranja) para acessar com passe livre a Linha 9, que vai da Estação Apinajé ao Câmpus da UFT de Palmas.

Valor normal da tarifa: R$ 2,50
Valor da tarifa estudantil: R$ 1,25

Pontos de vendas de créditos:

Alô Cartões - em frente à Panificadora Max Pão, na Avenida JK.

Posto Telefônico - na Avenida JK, entre o HSBC e a Losango.

Estação Apinajé - ao lado do Lavajato Fragata.

Estação Xambioá - no Supermercado Super Big, na Avenida Teotônio Segurado.

Estação Kraho - em frente ao Hotel Italian.

Rodoviária - na Lanchonete Coelho.

Ulbra - na Avenida Teotônio Segurado.

Estação Xerente - na Avenida Teotônio Segurado, próximo a entrada para o Aeroporto.

Estação Karajá - Supermercado Emili – próximo à Feira Coberta do Aureny I.

Aureny IV - Online Cyber Café, na rotatória do Aureny IV.

Estação Javaé - no Arca.

Taquaruçú - Panificadora Pão da Hora – próximo a Igreja Católica.

Taquarí - no Comercial Gramado.

SB Maciel - Materiais de Construção do Maciel.

Convênios

A UFT, por meio da Diretoria de Assuntos Internacionais (DAI), desenvolve uma série de atividades de cooperação com outras Instituições de Ensino Superior (IES), estimulando assim a pesquisa e visando a internacionalização da Universidade.

Dentre essas atividades, podemos citar o estabelecimento de convênios com várias instituições. Os referidos convênios propõem uma parceria no sentido de promover intercâmbios científicos, de pesquisa e culturais entre estudantes e docentes das universidades envolvidas.

Convênios Ativos

Instituição

País

Validade

Ações de Cooperação

Período do convênio

Universidade Autônoma de Madrid

Espanha

Até dez/2015

 

4 anos

Universidade Nacional de Quilmes

Argentina

Até jun/2015

Intercâmbio de alunos, docentes, pesquisadores, informações e publicações acadêmicas e implementação de projetos de pesquisa

4 anos

Universidade Zaragoza

Espanha

Até maio/2016

Biologia, Matemática, Engenharia de Alimentos, Engenharia Ambiental, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Direito, Administração, Comunicação Social, Letras, Geografia, História, Medicina, Medicina Veterinária, Zootecnia, Ciência da Computação, Agronomia, Engenharia Florestal, Serviço Social

5 anos

Universidade Múrcia

Espanha

Até jul/2015

Serviço Social, Direito, Ciências Ambientais (Prioridade: Mestrado em Ciências do Ambiente. Interesse secundário: Curso de Biologia ou Engenharia Ambiental)

5 anos

Universidade Agroparistech

França

Até 2016

 

5 anos

Universidade Agrocampus Ouest

França

Até 2016

 

5 anos

Universidade Montpllier Supagro

França

   

5 anos

Universidade de Toyama

Japão

Até 2017

Intercâmbio de alunos, docentes, especialistas, técnicos administrativos, informações e publicações acadêmicas e implementação de projetos de pesquisa

 

Universidade Del Tolima

Colômbia

Até dez/2015

Intercâmbio de alunos, docentes, pesquisadores, informações e publicações acadêmicas e implementação de projetos de pesquisa

5 anos

Universidade de Ciência Aplicadas e Ambientais

Colômbia

Até 2016

Administração, Agronomia, Biologia, Ciências Contábeis, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Medicina, Medicina Veterinária e Zootecnia

5 anos

Universidade Simón Bolívar

Colômbia

Até 2015

 

5 anos

Universidade Cagliari

Itália

Até 2016

 

5 anos

Universidade Deglui Studi Roma

Itália

Até 2015

 

5 anos

Universidade Nacional de Rosário

Argentina

Até 2016

 

5 anos

 

Sobre o CsF

O Ciência sem Fronteiras (CsF) é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC) por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior.


Orientações para inscrição no CsF:

1. As áreas prioritárias estão listadas nas referidas Chamadas Públicas.

2. O aluno interessado em participar deve obrigatoriamente se inscrever no site do Ciências sem Fronteiras, cabendo à DAÍ/UFT a homologação da inscrição de seus alunos que atenderem ao estabelecido em edital.

3. O Coordenador Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras (DAI/UFT) procederá a seleção e homologação das inscrições de alunos da Universidade. O Coordenador Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras procederá a seleção. Serão homologadas apenas as candidaturas que preencherem os requisitos exigidos.

4. Após a homologação pela DAI/UFT e da seleção pelo Programa Ciência sem Fronteiras, os candidatos à graduação sanduíche deverão se inscrever, obrigatoriamente, nos sites das organizações estrangeiras que apoiam as referidas Chamadas Públicas.

5. A homologação da inscrição significa apenas que o candidato atende às exigências da UFT para participação no processo, permanecendo com o Programa Ciência sem Fronteiras toda a responsabilidade pela tramitação das candidaturas, seleção de candidatos e operacionalização do processo.

6. A tradução do histórico escolar para os bolsistas aprovados pelo Programa Ciência sem Fronteiras, quando não houver a exigência de "tradução juramentada", na UFT, pode ser feita mediante a consulta das traduções das disciplinas já realizadas pela DAI, disponíveis aqui.

Os modelos de históricos editáveis também estão disponíveis para preenchimento aqui.

7. O bolsista é responsável pela obtenção do passaporte junto à Polícia Federal, bem como do visto junto ao consulado do país de destino.

Veja aqui como retirar o seu passaporte.

8. Após a confirmação de aceite por parte da instituição receptora o aluno deverá preencher a ficha on line informando o afastamento para a mobilidade, contato no exterior, dos pais, período de estudos e instituição de acolhimento no exterior.

9. Após o preenchimento da ficha on line, o aluno selecionado, deverá encaminhar a DAI (via e-mail ou pessoalmente), os documentos listados abaixo, para procedermos a abertura de processo para informação do período de mobilidade internacional, junto à secretaria acadêmica da UFT:

  • Cópia da Carta de Aceite;
  • Cópia dos documentos pessoais;
  • Histórico Escolar atualizado e Termo de Ciência e Concordância (disponível nos formulários do Programa, ou na Diretoria de Assuntos Internacionais).

10. O e-mail para informações adicionais é o dai@uft.edu.br.

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.
  • Consulte aqui a relação de disciplinas, em Inglês, de cada curso da UFT que participa do Ciência Sem Fronteiras.


Perguntas frequentes sobre o CsF

O que são os comprovantes de participação em programas de iniciação científica, tecnológica ou docência exigidos pela Capes?
Esses comprovantes são documentos que atestam que você participou de programas de iniciação científica, programas tecnológicos desenvolvidos pela Universidade e/ou programas de monitoria. O aluno não precisa necessariamente ter recebido bolsa de auxílio financeiro, porém, essa documentação tem que estar assinada pelo representante do Colegiado/Seção de Ensino do curso de graduação ou pelos representantes das Pró- reitorias de Pesquisa, Graduação e Extensão ou ainda por um representante do CNPq.

Existe a possibilidade dos prazos do ciência sem fronteiras serem prorrogados?
O Ciência sem Fronteiras é um programa promovido e coordenado pela Capes. Dessa maneira, não sabemos se haverá prorrogação dos prazos, sejam eles de inscrição ou de apresentação do Certificado de Proficiência. Caso isso aconteça, a Capes e a DAI darão ampla divulgação ao fato.

Na inscrição no Ciência sem Fronteiras percebi que existem dois códigos diferentes para o meu curso. Qual deles devo utilizar?
Segundo informado pela Capes, no ato da inscrição no Programa Ciência sem Fronteiras, caso haja dois cursos com mesmo nome, porém com códigos diferentes, o aluno poderá escolher qualquer uma das opções. O que será avaliado posteriormente será o histórico que o aluno anexar no ato da inscrição e a referência com o curso escolhido na lista do Ciência Sem Fronteiras.

Posso me inscrever para mais de uma Chamada do Programa Ciência sem Fronteiras?
Não. Será aceita uma única inscrição por candidato e para uma única Chamada. Na hipótese de envio de uma nova inscrição pelo mesmo candidato, respeitando-se a data limite de inscrição, esta será considerada substituta da anterior, sendo levada em conta para análise apenas a última inscrição recebida.

A universidade estrangeira exige tradução juramentada dos meus documentos. A DAI faz esse serviço?
Não. A DAI não faz tradução juramentada. É importante lembrar que, no caso do Programa Ciência sem Fronteiras, a Capes não dá ajuda de custo para traduções. Existe a possibilidade da DAI certificar a tradução da documentação, mediante o original em português.

Posso me candidatar a mais de um país?
Não. Cada aluno pode candidatar-se a apenas um edital por vez. No site do Ciência sem Fronteiras se o aluno for fazer uma segunda inscrição, estará alterando a opção de país da primeira. Ficará salva a última alteração feita no sistema de inscrições.

Posso escolher a universidade onde vou estudar?
Não. Caberá à Capes, ao CNPq e à instituição parceira (IIE, UUK, DAAD, NUFFIC, CBIE, CALDO, G8, KFPP) escolherem a universidade de destino do candidato.

Quais os documentos corretos a serem anexados no formulário do online CsF?
O formulário on-line de inscrição solicita que seja anexado o histórico escolar de graduação, certificados de bolsas de Iniciação Científica externas (bolsas direto ao pesquisador CNPq, Fapergs, Finep etc.) devem ser solicitados pelo aluno diretamente à agência pagadora da bolsa.

A documentação exigida pode ser enviada por e-mail?
Não. As documentações exigidas deverão ser enviadas pelo site da Capes, na página do programa, respeitando o respectivo calendário. Todos os documentos devem estar no formato PDF.

Os documentos solicitados podem ser enviados após o prazo de inscrição?
Não. Os documentos exigidos devem ser enviados junto com o formulário de inscrição dentro do período estipulado pela chamada pública correspondente.

Posso me candidatar de forma individual?
Não. A UFT possui acordo de adesão com a Capes/CNPq.

Como sei se minha candidatura online foi enviada corretamente?
Após preencher o formulário e fazer upload dos arquivos, você deve clicar em "Enviar". Somente assim teremos como fazer a homologação on-line da sua candidatura.

 

Relatórios CsF

Além de funcionar como uma forma de avaliação do intercâmbio realizado por você, este relatório também tem como objetivo passar informações aos futuros alunos intercambistas. Portanto, solicitamos que você o preencha com informações bem detalhadas. Todas as perguntas são obrigatórias.

Para preencher os relatórios clique nos links abaixo:

Sobre o PEC-G

O Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) oferece oportunidades de formação superior a cidadãos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais. Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação, em parceria com universidades públicas – federais e estaduais – e particulares, o PEC-G seleciona estrangeiros, entre 18 e preferencialmente até 23 anos, com ensino médio completo, para realizar estudos de graduação no país.

O aluno estrangeiro selecionado cursa gratuitamente a graduação. Em contrapartida, deve atender a alguns critérios; entre eles, provar que é capaz de custear suas despesas no Brasil, ter certificado de conclusão do ensino médio ou curso equivalente e proficiência em língua portuguesa, no caso dos alunos de nações fora da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

São selecionadas preferencialmente pessoas inseridas em programas de desenvolvimento socioeconômico, acordados entre o Brasil e seus países de origem. Os acordos determinam a adoção pelo aluno do compromisso de regressar ao seu país e contribuir com a área na qual se graduou.

  • Acompanhe na página do MEC editais e resultados.
  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa

 

Acesse também:

 

Bolsa Mérito

A Bolsa Mérito é concedida a estudantes conveniados que apresentem notável rendimento acadêmico. Além de bolsa mensal, o bolsista de mérito recebe passagem aérea de retorno ao seu país, após o término da graduação.

  • Mais informações no site do PEC-G.
  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.


Promisaes

O Projeto Milton Santos de Acesso ao Ensino Superior (Promisaes) tem o objetivo de fomentar a cooperação técnico-científica e cultural entre o Brasil e os países com os quais mantém acordos – em especial os africanos – nas áreas de educação e cultura.

O projeto oferece apoio financeiro no valor de seiscentos e vinte e dois reais para alunos estrangeiros participantes do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), regularmente matriculados em cursos de graduação em instituições federais de educação superior. O auxílio visa cooperar para a manutenção dos estudantes durante o curso, já que muitos vêm de países pobres.

Para concorrer ao Promisaes, o estudante, além de estar matriculado em instituição federal de educação superior, deve ter bom desempenho acadêmico, de acordo com as exigências da universidade em que estuda.

Os editais serão divulgados amplamente pela Diretoria de Assuntos Internacionais.

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.

Sobre o Santander Universidades

O Grupo Santander acredita que o investimento no ensino superior é a forma mais direta e eficaz de apostar no desenvolvimento dos países em que está presente. Por meio da Divisão Global Santander Universidades, o Banco reforça seu compromisso com a comunidade “… a partir de uma rede de relacionamentos que reúne mais de 400 instituições superiores de ensino conveniadas no Brasil e mais de 930 universidades conveniadas no mundo”.

O Santander Universidades tem como principal linha de ação apoiar iniciativas voltadas à educação superior. Criado em 1996, é um programa de colaboração com as universidades que firma uma aliança única no mundo entre comunidade acadêmica e empresa. A Divisão Global está presente em 20 países.

Destaca-se pelo apoio de projetos universitários e por seus programas de bolsas, fomentando o intercâmbio cultural, a ciência, a inovação e o empreendedorismo. Ao incentivar a pesquisa e a mobilidade de alunos e professores, o Santander Universidades contribui com a internacionalização da atividade acadêmica e com a transferência de conhecimento do câmpus para a sociedade.

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.


Bolsas Íbero-Americanas

Lançado em 2011, o Programa de Bolsas Ibero-Americanas do Santander Universidades é uma iniciativa criada para um período de cinco anos (2011 à 2015) com o objetivo de promover o intercâmbio acadêmico anual de estudantes de graduação entre universidades de 10 países da região da Ibero-América: Brasil, Argentina, Espanha, Chile, Colômbia, México, Peru, Portugal, Porto Rico e Uruguai.

A bolsa de estudo tem valor equivalente a 3 mil euros por aluno de graduação. Este valor deve ser utilizado como bolsa-auxílio para cobrir custos com transporte, hospedagem e alimentação, já que o curso é um investimento que deve ser concedido como resultado de um acordo estabelecido entre a universidade de origem e a de destino.

Na quarta edição do programa, a UFT selecionou cinco universitários para serem contemplados com bolsa. O curso no exterior pode ter duração de até um semestre em uma das universidades conveniadas nos países participantes do programa e com os quais a UFT possua acordo de cooperação mútua.

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa


Bolsas Luso-Brasileiras

Um dos mais tradicionais Programas de Mobilidade Internacional do Santander Universidades é o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras, lançado em 2007, na comemoração dos 150 anos do Banco Santander com o objetivo de estimular o intercâmbio acadêmico entre Brasil e Portugal.

Anualmente, são oferecidas bolsas de estudos de um semestre para universitários de instituições públicas brasileiras de educação superior.

Em 2014, a oitava edição do Programa fortalece os laços de cooperação entre os dois países. Serão contemplados 170 estudantes de 23 universidades federais e estaduais brasileiras.

 

Top Espanha

O Programa Top España do Santander Universidades foi lançado em 2010 e tem como objetivo incentivar que alunos de graduação e professores aprimorem seus conhecimentos no idioma espanhol e na cultura espanhola, por meio de um curso de três semanas em uma das instituições mais tradicionais da Europa - a Universidad de Salamanca.

O programa inclui, além do curso, passagens aéreas, hospedagem e alimentação. Em 2014 acontece a quinta edição do programa e em breve serão divulgadas informações sobre como participar. Aguarde!

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.

 

Sobre o Brafagri

O Programa Brasil-França Agricultura (Brafagri) é um acordo bilateral entre Brasil e França para o desenvolvimento de pesquisas agrárias e a promoção do intercâmbio de conhecimentos entre os dois países.

O projeto é resultado de uma parceria entre a Capes, o Ministério da Educação do Brasil e a Direction Générale de l””Enseignement et de la Recherche du Ministère de l””Agriculture et de La Pêche, de la Ruralité et de l’Aménagement du Territoire com o apoio do Ministère de l””Enseignement Supérieur et de la Recherche (MESR) da França.

A iniciativa consiste no estabelecimento de projetos de cooperação entre universidades brasileiras e francesas, com foco nas áreas de Ciências Agronômica, Agroalimentar e Veterinária, estimulando a aproximação das estruturas curriculares, com o objetivo de validar os créditos adquiridos em projetos no Brasil e na França em nível de graduação.

A Capes oferece bolsas para o programa. O nosso projeto é em parceria com a Unesp, que é a instituição coordenadora.

Cursos da UFT: Medicina Veterinária e Engenharia Agronômica/Agronomia

  • Clique aqui para acessar formulários, editais e outros documentos relacionados a este programa.

 

 

Inglês sem Fronteiras
 
O Programa Inglês sem Fronteiras (IsF), dentro das ações do Idiomas sem Fronteiras, é uma iniciativa do Ministério da Educação que tem como objetivo principal incentivar o aprendizado do idioma inglês, bem como propiciar uma mudança abrangente e estruturante no ensino de idiomas estrangeiros nas universidades do País como um todo. O IsF visa também a oferecer aos candidatos a bolsa de estudo do Programa Ciência sem Fronteiras a possibilidade de aperfeiçoamento na língua inglesa de maneira mais rápida e eficiente, de modo que esses candidatos tenham melhores condições de participar dos intercâmbios oferecidos Assim, o IsF propiciará a capacitação de estudantes de graduação e de pós-graduação das instituições ensino superior públicas e privadas para que eles possam alcançar o nível de proficiência exigidas nos exames linguísticos para o ingresso nas universidades anglófonas.
 
Fique atento aos prazos e acesse o site http://isfaluno.mec.gov.br/ para se inscrever para o Curso My English Online (a distância), para fazer o Exame de Proficiência Toefl ITP e os cursos presenciais do Núcleo de Inglês/UFT.
 
 
 
IBrasil / Eramus Mundus
 
O consórcio IBrasil - Inclusive and Innovative Brasil surgiu a partir de uma longa parceria entre universidades brasileiras e europeias. É composto por 11 instituições brasileiras de Ensino Superior e nove instituições estrangeiras, de diversos idiomas como espanhol, português, francês, romeno, italiano, alemão, eslovaco e grego. A diversidade linguística, associada à diversidade geográfica, ajudam a fazer deste consórcio um programa atraente e de alta qualidade em educação, formação de professores, engenharia e tecnologia.
 
O projeto é implementado no âmbito do Erasmus Mundus, Ação 2, Vertente 1, Lote 16, no Brasil. 177 bolsas de mobilidade de estudo estão disponíveis para estudantes e servidores de universidades do Brasil para a Europa e vice-versa.
 
 
Os principais objetivos do IBrasil são:
 
- Formar uma nova geração de professores altamente qualificados, engenheiros e pesquisadores que estão abertos a valores inclusivos, bem como a inovação social e tecnológica;
 
- Promover programas conjuntos sustentáveis e de investigação comum envolvendo estudantes brasileiros e europeus, docentes e pesquisadores;
 
- Aumentar a colaboração entre os europeus e instituições de Ensino Superior do Brasil, bem como a promoção de ferramentas que facilitem a cooperação internacional eo reconhecimento acadêmico de mobilidade estudantil.
 
Saiba mais na página do programa.
 
 
EBW+ / Eramus Mundus
 
O projeto EBW+ é composto por 20 Instituições de Ensino Superior europeias parceiras e brasileiras e 10 instituições associadas. É implementado ao âmbito do programa Erasmus Mundus Ação 2 – Vertente 1, lote 9, Brasil.
 
Entre os principais objetivos do projeto, destacam-se os seguintes:
  • o enriquecimento mútuo e melhor entendimento entre a Europa e o Brasil através do intercâmbio de pessoas, conhecimentos e competências no que diz respeito ao Ensino Superior;
  • o aumento da cooperação internacional entre Instituições de Ensino Superior brasileiras e de países europeus, contribuindo assim para a promoção do desenvolvimento socioeconômico deste país;
  • a promoção da transparência e do reconhecimento de estudos e qualificações em nível internacional.
Para alcançar estes objetivos, o projeto prevê 151 mobilidades do Brasil para a União Europeia. Com estas bolsas, estudantes, pesquisadores e membros de pessoal acadêmico e administrativo podem realizar um período de estudos, pesquisa ou trabalho, respectivamente, numa das instituições parceiras europeias deste consórcio de Universidades.
 
Saiba mais na página do programa.
 
 

Contato

Universidade Federal do Tocantins
Diretoria de Assuntos Internacionais

International Affairs Office

Endereço:
Avenida NS 15, Quadra 109 Norte | Plano Diretor Norte
Bloco DTE (atrás da Copese), Sala 02
Palmas/TO | 77001-090

Telefones: +55 (63) 3232-8103 | +55 (63) 3232-8078
E-mail: dai@uft.edu.br
Site: www.uft.edu.br/dai
Diretora: Márcia Schneider

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página