Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Ciências Biológicas

Portal do Aluno | Portal do Professor | Bibliotecas | Repositório Inst. | Moodle | Calendário Acadêmico

Bem-vindo à página do Curso de Ciências Biológicas!

Você que é aluno, fique atento às datas do Calendário Acadêmico.

Informações Gerais 

Local: Câmpus de Porto Nacional
Formação: Licenciatura e Bacharelado
Modalidade: Presencial
Duração: 04 anos (8 semestres)
Turno: Integral
Criação e Autorização: Parecer CEE/CESu nº 119 de 19/12/1991
Decreto Federal de 20/04/1993 – DOE de 22/04/1993, Seção 1, p. 5164
Reconhecimento: Decreto Estadual nº 682, de 24/11/1998 - DOE de 27/11/1998
Renovação de Reconhecimento: Portaria n° 1.094 de 24/12/2015
Estrutura Curricular:

Resolução n° 005/2009 - Consepe (Licenciatura)
Resolução n° 024/2010 - Consepe (Bacharelado)

Conceito Enade: 2 (2014)
Conceito Preliminar de Curso (CPC): 4 (2014)
Conceito de Curso (CC): 3 (2011)

  Mais informações no sistema e-Mec.

Sobre o Curso

Objetivos

O curso de bacharelado em Ciências Biológicas da UFT tem como objetivo garantir uma formação adequada ao exercício profissional do biólogo em atividades de grande complexidade, envolvendo a realidade de trabalhos relacionados com estudo, pesquisa, divulgação, assistência, coordenação e assessoramento na área. A licenciatura, por sua vez, tem como objetivo garantir uma formação adequada ao exercício profissional do biólogo em atividades no magistério da Educação Básica e Superior, bem como nas diversas etapas de formulação e desenvolvimento de estudos, projetos ou pesquisas puras e aplicadas nos vários setores da Biologia ou do ensino e divulgação desta área do conhecimento.

Em ambos os casos, busca-se assegurar a integração completa entre ensino, pesquisa e extensão.

Perfil e Campo de Atuação do Egresso

O bacharel em Ciências Biológicas deve adquirir uma formação sólida, ampla e histórica dos conceitos, princípios e teorias das Ciências Biológicas. Biólogo é o profissional que estuda a vida em suas diferentes formas de expressão. Seu campo de atuação vem crescendo exponencialmente frente aos novos contextos ambientais e de saúde que vem surgindo. O egresso deste curso de graduação pode trabalhar nas áreas de ensino e de pesquisa, na elaboração de relatórios e avaliações técnicas em empresas públicas ou privadas, em organizações não-governamentais e em outros setores de nossa sociedade em que seus conhecimentos forem necessários.

Já o licenciado em Ciências Biológicas, além da mesma formação em conhecimentos biológicos, deve também estar orientado para princípios pedagógicos envolvidos em sua futura vida profissional. Ele dedica-se ao magistério em nível Fundamental (ensino de Ciências) e ensino Médio (ensino de Biologia). O mercado de trabalho do profissional biólogo licenciado é diversificado, amplo, emergente e crescente em instituições públicas e privadas de ensino, pesquisa e extensão.

Histórico

O Curso de Ciências Biológicas - modalidades Licenciatura e Bacharelado -, em funcionamento desde 1992 na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), foi reconhecido em 1998. Desde então, tem contribuído com o contínuo desenvolvimento do Estado do Tocantins nas áreas de ensino, pesquisa, preservação, saúde e educação.

O primeiro vestibular para o curso realizou-se em 1992 para o período noturno, conforme Parecer de Implantação do Conselho Estadual de Educação do Estado do Tocantins de dezembro de 1991 e Decreto de Autorização publicado no Diário Oficial nº 74, de abril de 1993. Em 1994, houve somente abertura de vagas no vestibular para o período diurno integral. Isso ocorreu até 1998, quando foram oferecidas vagas no período diurno integral e noturno. Novamente em 2000, foram oferecidas 40 vagas somente para o período diurno integral.

A partir do segundo semestre de 2001, com a estruturação da Universidade Federal do Tocantins (UFT) que encampou parte da Unitins, o Curso de Ciências Biológicas passou a funcionar sob a jurisdição da nova Instituição Federal do Ensino Superior (Ifes). Naquela ocasião, foi realizado o primeiro vestibular oferecendo-se 30 vagas para o período diurno integral (Licenciatura-Bacharelado) e 30 vagas para o período noturno (Licenciatura), sendo que a estrutura curricular foi implantada no sistema de crédito semestral.

No primeiro semestre de 2002 foi realizado o vestibular para a admissão de 60 alunos, conforme critérios utilizados no processo seletivo anterior e que perduram até hoje.

O Curso de Ciências Biológicas no Estado do Tocantins foi criado principalmente para atender a demanda de formação de professores com nível superior para o ensino fundamental e médio do Estado do Tocantins. Neste sentido verificou-se que ao longo da primeira década, após a criação do referido curso, praticamente todos os alunos formados foram absorvidos, pelas redes municipal e estadual de ensino. No entanto, a demanda por profissionais na área de ensino continua alta. 

Em 2009, o Curso passou a funcionar com duas grades curriculares, sendo uma entrada de 30 alunos para a modalidade bacharelado e outra também para 30 alunos na modalidade licenciatura, por semestre.

O Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de Ciências Biológicas - Licenciatura foi aprovado pela Resolução do Conselho Superior de Pesquisa Ensino e Extensão (Consepe) nº 05, de 1° de abril de 2009, e o PPC do bacharelado pela Resolução do Consepe nº 06 de 1° de abril 2009. Este, porém, precisou adequar a carga horária mínima exigida pelo MEC, sendo aprovado novamente por meio da Resolução Consepe nº 024, de 15 de setembro de 2010.

Em 2016, o Curso de Ciências Biológicas conta com 23 professores efetivos, sendo três mestres e 20 doutores (seis pós-doutores) e dois substitutos. Todos têm jornada de trabalho de dedicação exclusiva.

Infraestrutura

Informações em breve.

Docentes
Clique sobre os nomes para acessar os respectivos Currículos Lattes.

  • Aparecido Osdimir Bertolin - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Carla Simone Seibert - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Carlos Sérgio Agostinho - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Carine Cavalcante Chamon - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Denise de Amorim Ramos - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Eliane Marques dos Santos - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Elineide Eugênio Marques - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Elton Carvalho de Lima - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Etiene Fabbrin Pires - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Fábio de Jesus Castro - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Fernando M. Pelicice - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Jemima Queiroz da SilvaEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Kellen Lagares Ferreira Silva - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Mac David da Silva Pinto - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Márcio Galdino dos Santos - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Marcos A. Lima Bragança - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Miguel Medeiros - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Paulo H. Franco Lucinda - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Rafael José de Oliveira - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Rodney H. Oliveira Viana - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Ronaldo Rodrigues Coimbra - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Solange de Fátima Lólis - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Tiago Kutter Krolow - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Thiago Nilton Alves PereiraEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Wagner de Melo Ferreira - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Projetos de Pesquisa

Prof. Aparecido Osdimir Bertolin

  • Desenvolvimento de uma ferramenta operacional em nuvem para o planejamento estratégico, tomada de decisão (dss) e o gerenciamento no agronegócio.        

        
Profa. Carla Simone Seibert

  • Levantamento da ocorrência de anemia falciforme nas comunidades remanescentes dos quilombos, no Estado do Tocantins - Brasil (2010-2016)
  • A saúde das pessoas com doença falciforme no estado do Tocantins (2014-2016)
  • Fortalecimento dos programas de pós-graduação, na Amazônia e na Extra-Amazônia com ênfase em envenenamentos ofídicos: uma estratégia de formação de pessoal e interdisciplinaridade (2014-2018)            
  • Educação ambiental: sensibilização do público infantil sobre agravos de arraias de água doce no Tocantins, Brasil (2014-2016)
  • Potamotrigonidade: a influência do ambiente nas assembléias de arraias de água doce e um estudo das suas toxinas (2014-2016)
  • O ambiente na diversidade e toxicidade das serpentes (2015-2017)    

        
Prof. Carlos Sérgio Agostinho

  • Estrutura de populações e assembléias de peixes na bacia do rio Tocantins, no contexto das barragens hidrelétricas                
  • Biologia do tucunaré (Cichla spp.) no reservatório de Lajeado (UHE Luis Eduardo Magalhães), Rio Tocantins                


Profa. Carine Cavalcante Chamon

  • Implantação da Coleção Ictiológica de Referência do Câmpus de Altamira-UFPA: conservação e manejo da biodiversidade do rio Xingu, Estado do Pará
  • Diversidade e Sistemática da ictiofauna do rio Tocantins, com ênfase na família Loricariidae (Ostariophysi, Siluriformes) (2015-atual) 
  • Diversidade da ictiofauna da bacia do ribeirão Taquaruçu Grande, Palmas, TO. (2016- atual)
  • Diversidade e distribuição dos peixes reofílicos no rio Xingu, com ênfase na família Loricariidae (Actinopterygii, Siluriformes) (2013-atual)

         

Profa. Denise de Amorim Ramos

  • Formação de Educadores em diversos contextos e níveis de ensino            
  • O processo de aprendizagem dos educadores e educandos da Educação de Jovens e Adultos

 

Profa. Elineide Eugênio Marques

  • Desenhando um modelo conceitual para pesquisa integrativa sobre barragens hidrelétricas, ambiente e sociedade na Amazônia (2014-2017)
  • Rede de Cooperação Internacional para Pesquisa Integrativa sobre Efeitos Socioambientais de Barragens Hidroelétricas na Amazônia Legal: aprendendo com as experiências (2014-2017)
  • Efeito da formação do reservatório da Usina do Lajeado na modificação da paisagem e perda de biodiversidade na bacia do Rio Tocantins (2013-2014)
  • A inclusão social por meio de TIC (2013-2016)
  • Os efeitos da política de incentivo à produção aquícola sobre a pesca artesanal (2013-2016)
  • O Sistema Sócio-Ecológico Complexo da pesca artesanal em áreas impactadas por barragens hidrelétricas na Amazônia Legal (2014-2018)


Prof. Elton Carvalho de Lima

  • Efeitos interfaciais induzidos em  filmes finos ferroelétricos do sistema PbZr1-xTixO3 (2013-2016)

 

Profa. Etiene Fabbrin Pires

  • Análise do registro paleobotânico na área de abrangência do AHE Jirau (Quaternário, Rondônia, Brasil)                
  • Carvão vegetal macroscópico do Paleozoico Superior Gondwânico e suas contribuições para a construção de modelos paleoambientais globais                
  • Palaeofloristics of Lower Gondwana sediments of India and Brazil with special reference to palaeowild fire: Implications in palaeoecology, palaeoclimate and biostratigraphy. 

 

Prof. Fernando M. Pelicice

  • Migração, sítios de desova e desenvolvimento inicial de duas espécies potencialmente migradoras do rio Jequitinhonha: subsídios para avaliação da necessidade de transposição na UHE Irapé
  • Estrutura de populações e assembléias de peixes na bacia do rio Tocantins, no contexto das barragens hidrelétricas                
  • Biologia do tucunaré (Cichla spp.) no reservatório de Lajeado (UHE Luis Eduardo Magalhães), Rio Tocantins                
  • Dinâmica de recomposição da vegetação de Cerrado após distúrbio com fogo   
  • Conservação e manejo da diversidade biológica em ambientes aquáticos continentais
  • Estrutura e funcionamento de sistemas ecológicos de água doce
  • Estudos em história e filosofia da ciência, com ênfase em ecologia            

 

Profa. Kellen Lagares Ferreira Silva

  • Análise morfológica do desenvolvimento inicial in vitro de Catasetum macrocarpum rich. (ex kunth) orchidaceae (2014)
  • Análise morfológica do desenvolvimento inicial in vitro de Cattleya nobilior Rchb. F. (Orchidaceae) (2014)
  • Morfo-anatomia de espécies arbóreo-arbustivas do cerrado (2013-2018)
  • Caracterização morfo-anatômica de populaçao natural de mangabeira (hancornia speciosa gomes, 1812), denominada providência, em porto nacional/TO (2013-2016)
  • Respostas morfoanatômicas e fisiológicas de plantas oriundas de remanescentes de vegetação nativa do cerrado do Tocantins expostas a herbicidas (2012-2018)
  • Respostas morfoanatômicas e fisiológicas de myracrodrum urundeuva fr. allem expostas a diferentes herbicidas (2013-2015)

 

Prof. Mac David da Silva Pinto

  • Análise dos metodos de ensino aplicados por professores nas aulas de ciências e biologia na rede pública de ensino do Tocantins

 

Prof. Márcio Galdino dos Santos

  • A incidência da anemia falciforme em três comunidades negras rurais do Estado do Tocantins - Brasil.                
  • Efeito do extrato hidroalcoólico da planta Caryocar brasiliense como atividades: anticoncepcional e/ ou abortiva - uma percepção etnobotânica                
  • Estudo Fitoquímico e Avaliação da Capacidade Leishimanicida e Cicatrizante Cutânea de Espécies Vegetais do Cerrado e da Amazônia Brasileira (pesquisa; colaborador)
  • Potencial alelopático das folhas de Pouteria caimito (RUIZ E PAV.) Radlke (SAPOTACEAE) e Guarea macrophylla vahl.(MELIACEAE) na germinação e crescimento inicial de espécies teste
  • Propriedades antitumoral e imunológica da espécie nativa do cerrado utilizando modelo experimental de ehrlich.                


Prof. Marcos A. Lima Bragança

  • Biodiversidade de forídeos parasitóides e sua utilização no controle biológico de formigas cortadeiras pragas (2011-2015)
  • Parasitismo de formigas cortadeiras Atta e Acromyrmex por moscas da familia Phoridae (2013-2016)


Profa. Maria Zoreide Brito Maia

  • A Romaria do “Senhor do Bonfim”: política e religião na devoção ao santo no Estado do Tocantins        


Prof. Miguel Medeiros

  • Conversão do glicerol coproduto do biodiesel em liberadores controlados de fertilizantes    
  • Novas rotas para a conversão da glicerina subproduto do biodiesel em materiais para aplicações tecnológicas.                
  • Análise e desenvolvimento de metodologias para o ensino de química para o Ensino Médio


Prof. Paulo H. Franco Lucinda

  • Sistemática e Biogeografia de Peixes de Água Doce Neotropicais, com ênfase em peixes da Ordem Cyprinodontiformes
  • Integração da Coleção de Peixes do Laboratório de Ictiologia Sistemática da Universidade Federal do Tocantins ao Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira

 

Prof. Rafael José de Oliveira

  • Estudos florístico, fitossociológico, resgate do germoplasma e propagação das espécies vegetais incidentes na região da hidroelétrica do lajeado
  • Correlação entre os caracteres biométricos do fruto e seus efeitos na germinação, crescimento e desenvolvimento inicial de cajuí, anacardium othonianum (anacardiaceae)
  • Estudo ictiofaunístico na região da Usina Hidrelétrica de Lajeado        
  • Avaliação da eficiência da escada de peixe da UHE Lajeado
  • Análise florística, fitossociológica, resgate de germoplasma e propagação das espécies vegetais incidentes na região da Hidroelétrica do Lajeado
  • Estudo ictiofaunístico da região de UHE Peixe Angical

 

Prof. Rodney H. Oliveira Viana

  • Diversidade e atividades enzimáticas microbianas envolvidas na decomposição de detritos vegetais de origem alóctone em riachos em microbacias do Norte do Brasil                
  • Levantamento florístico e estrutural do componente arbustivo-arbóreo das principais cachoeiras de Taquaruçu/TO

 

Prof. Ronaldo Rodrigues Coimbra

  • Variabilidade fenotípica em populações naturais de espécies frutíferas do Cerrado da região central do Estado do Tocantins

 

Profa. Solange de Fátima Lólis

  • Macrófitas aquáticas do reservatório da UHE Lajeado: dinâmica de incidência e interferências nos usos múltiplos        
  • Biodiversidade e ecologia de diferentes comunidades aquáticas em quatro importantes planícies de inundação brasileiras.                 


Prof. Tiago Kutter Krolow

  • Estudo filogenético de Scionini Enderlein, 1922 (Diptera, Tabanidae, Pangoniinae) (2014)
  • Levantamento das espécies de mutucas (Diptera: Tabanidae) coletadas em uma área de cerrado no município de Taquaruçu, TO, Brasil (2014)
  • Entomofauna do estado do Tocantins (2015)
  • Inventário da biodiversidade em áreas de ecótonos de Cerrado no Estado do Tocantins: grupos fúngicos, insetos e aves (2014)
  • Biodiversidade de insetos na Amazônia rede BIA / Diversidade de grupos selecionados de insetos na Amazônia
  • Efeito da redução da área na diversidade de Diptera (Insecta) da planície costeira do Rio Grande do Sul

 

Prof. Thiago Nilton Alves Pereira

  • Anatomia Encefálica Comparada de Teleostei (Osteichthyes: Actinopterygii)
  • Monitoramento do mecanismo de transposição de peixes na barragem da Usina de Lajeado: atratividade da escada para peixes como alternativa para redução de adensamento de peixes à jusante.
  • Mapeamento da Biodiversidade do Estado do Tocantins (Finep)
    - Subprojeto: Caracterização anatômica e morfológica do sistema sensorial de percepção sonora das espécies migradoras Prochilodus nigricans e Oxydoras niger na barragem da Usina de Lajeado.

 

Wagner de Melo Ferreira

  • Estudos florístico fitossociológico, resgate do germoplasma e propagação das espécies vegetais incidentes na região da Hidroelétrica do Lajeado (2014-2022)
  • Morfoanatomia de Parkia platycephala Benth (Fabaceae), em diferentes estádios de desenvolvimento (2014 a 2018)
  • Germinação e crescimento inicial in vitro e aclimatização de espécies orquidáceas ocorrentes nos Estados de São Paulo e Tocantins (2014 a 2022)
  • Fenologia, resgate e propagação de espécies vegetais incidentes na região da Hidroelétrica do Lajeado, Tocantins

Contatos

Curso de Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado)

Endereço:
Universidade Federal do Tocantins (UFT)
Câmpus de Porto Nacional
Rua 03, Quadra 17 | Jardim dos Ipês
77500-000 | Porto Nacional/TO

Telefone: (63) 3363-0503
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Site: www.uft.edu.br/cienciasbiologicas

Coordenadora do curso: Dra. Kellen Lagares Ferreira Silva (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)
Vice-coordenadora: Dra. Carla Simone Seibert (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)
Secretária: Edileusa Pereira Martins (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

 

Núcleos, projetos e programas

Núcleo de Estudos Ambientais (Neamb/UFT) 
Coordenador: Dr. Rafael José de Oliveira

Curso de nivelamento para alunos do urso de Ciências Biológicas do Câmpus de Porto Nacional/TO (NDE)
Coordenadora:
Dra. Kellen Lagares Ferreira Silva
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid/UFT)
Coordenadoras:
Dra. Kellen Lagares Ferreira Silva e Dra. Carla Simone Seibert
Contatos: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página