Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ACESSO À UNIVERSIDADE

Enem 2017 inscreve até às 23h59 desta sexta; não haverá prorrogação

Por Paulo Teodoro | Supervisão: Samuel Lima | Publicado: Sexta, 19 de Maio de 2017, 14h00 | Última atualização em Sexta, 19 de Maio de 2017, 17h52

Estão abertas até as 23h59 desta sexta-feira (19) as inscrições para interessados em participar da edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Exame é a principal forma de acesso aos cursos superiores em grande parte das Instituições Federais de Educação Superior no Brasil, inclusive na Universidade Federal do Tocantins, cuja oferta se dá pelo Sistema Unificado de Seleção (Sisu). Segundo o Ministério da Educação, até às 15h desta sexta-feira já haviam sido feitas 6.535.884 de inscrições;  não haverá prorrogação do prazo, afirma o MEC.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela página do Inep, com uma taxa de R$ 82 a ser paga até o dia 24 de maio. As inscrições podem ser pagas em agência bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios com o uso do Guia de Recolhimento da União (GRU), gerado durante a inscrição. O Enem oferece atendimento especializado para pessoas com algum tipo de deficiência, e atendimento específico para gestantes, idosos e lactantes, por exemplo, além do uso de nome social para pessoas transexuais.

Alguns grupos tem direito à isenção, como: estudantes de escola pública que irão o concluir o Ensino Médio este ano; estudantes que cursaram todo o Ensino Médio em escola pública ou em escola privada como bolsista integral, tendo uma renda familiar per capita menor ou igual a um salário mínimo. Além desses, pessoas cuja renda familiar mensal é de até três salários mínimos e estão inscritos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), e pessoas em que a renda familiar mensal per capita é de até meio salário mínimo e também estão no CadÚnico.

Além do acesso ao ensino superior, o Enem serve como autoavaliação para os estudantes e de indicador do desenvolvimento da educação no país. O Exame permite que estudantes entrem no Ensino Superior público, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e em universidade privadas através do Programa Universidade para todos (Prouni), do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e também no ensino técnico, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Nesse ano, a prova ocorre em dois domingos consecutivos (05 e 12 de novembro), sendo a redação no primeiro dia.

UFT

Na Universidade Federal do Tocantins (UFT), a avaliação é porta de entrada, através do Sisu, para todos os cursos presenciais da instituição, com exceção de Letras-Libras (Câmpus de Porto Nacional) e das graduações de Educação do Campo (câmpus de Tocantinópolis e Arraias). Outra forma de ingressar na UFT é pelos Processos de Seleção Complementares (PSC), que também utiliza as notas do Enem.

registrado em:
Fim do conteúdo da página