Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
TOCANTINÓPOLIS

Palestra marca o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial

Por Samuel Lima | Publicado: Segunda, 20 de Março de 2017, 17h41 | Última atualização em Segunda, 20 de Março de 2017, 17h46

Cartaz da Palestra de 21 de março de 2017Uma palestra sobre "21 de Março - Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial: 48 anos depois", ministrada pelo militante e integrante da liderança nacional do Movimento Negro Unificado, Adomair Ogunbiyi, marca nesta terça-feira (21) a movimentação de membros do Núcleo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinares da África e dos Afro-Brasileiros (Neaf/UFT) no Câmpus da UFT em Tocantinópolis. A palestra ocorrerá às 19h, no auditório Vigilante Adão Ribeiro da Silva.

Ogunbiyi frisou que o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial foi instituído em 1969, pela Organização das Nações Unidas (ONU), em memória às vítimas do Massacre de Sharpeville, um bairro sul-africano da província de Gauteng. "Em 21 de março de 1960, vinte mil negros protestavam contra a “Lei do Passe”, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam se movimentar no país.  Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou sobre a multidão e o saldo da violência foi de 69 mortos e 186 feridos", conta.

Ainda segundo o militante, a data é lembrada internacional e anualmente, por inúmeras organizações e/ou entidades do movimento negro, organizações não-governamentais e congêneres, ligadas a igrejas, partidos políticos, sindicatos, movimentos sindicais, núcleos de estudos de universidades públicas comprometidas com a luta contra o racismo e suas manifestações: o preconceito racial e a discriminação racial e, particularmente, pelo Movimento Negro Unificado (MNU).

Segundo a organização do evento, a palestra também marca o segundo aniversário do Núcleo. Confira o currículo do palestrante aqui.

Convênio
O Núcleo firmou convênio com o projeto de extensão Cineclube, do Câmpus de Tocantinópolis, para "aproveitar algumas datas importantes para a luta contra a discriminação, o preconceito e o racismo, como 21 de março (Dia Internacional Pela Eliminação da Discriminação Racial), 13 de maio (Dia Nacional de Denúncia Contra o Racismo), 16 de setembro (Fundação da Frente Negra Brasileira) e 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra)", segundo informa o professor João Batista de Jesus Felix, responsável pelo Cineclube e também integrante do Neaf.

A ideia é, nestas datas, exibir filmes cujas temáticas estejam próximas das reflexões e discussões que as datas evocam. Segundo Felix, ao final de cada ano, serão entregues certificados a todos aqueles participantes que frequentarem pelo menos 75% das sessões exibidas.

registrado em:
marcador(es): Tocantinópolis,Home
Fim do conteúdo da página