Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS

Com mais de 400 candidatos por vaga, concurso deste domingo é o mais concorrido da UFT

Por Bianca Zanella | Publicado: Quinta, 16 de Fevereiro de 2017, 14h28 | Última atualização em Sexta, 17 de Fevereiro de 2017, 18h42

Com um total de 4.892 inscritos para 11 vagas em cargos técnico-administrativos de nível médio e superior da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o concurso que acontece neste domingo (19) é o mais concorrido desde 2005 na Instituição e, possivelmente, da história da Universidade. São 469 candidatos para cada uma das nove vagas ofertadas à ampla concorrência no edital nº 01/2016, e uma média de 445 candidatos por vaga se considerados, também, os inscritos e as vagas para deficientes e autodeclarados pretos.

Conforme levantamento, até então as maiores concorrências gerais registradas em concursos para servidores técnico-administrativos haviam sido em 2010, quando cerca de 5 mil candidatos disputaram 52 vagas (96 candidatos por vaga) e em 2014, no certame realizado pela UFMT, quando 15.605 candidatos disputaram 221 vagas (71 candidatos por vaga). Somente do primeiro concurso para técnicos da UFT, realizado pelo Cespe nos anos de 2003 e 2004 com a oferta de 40 vagas, não foram encontrados registros da concorrência para fins de comparação.

As 11 vagas do edital n° 01/2016 são para posse imediata nos cargos de assistente em administração, tradutor e intérprete de linguagem de sinais, administrador, biólogo, relações públicas e tecnólogo com formação na área de gestão e negócio, nos câmpus de Arraias, Gurupi, Palmas e Porto Nacional.

Para assistente em administração, o cargo mais disputado, são 1.540 candidatos por vaga, uma média mais de quatro vezes superior à concorrência de 286 candidatos por vaga registrada no certame de 2014 para o mesmo cargo no Câmpus de Araguaína, e quase nove vezes maior que a concorrência de 160 candidatos por vaga registrada no mesmo concurso de 2014 para o cargo no Câmpus de Palmas.

A remuneração das vagas ofertadas no atual processo seletivo é de R$ 2.752,81 para os cargos de nível médio e R$ 4.326,21 para o nível superior.

 

Provas

As provas com 40 questões objetivas serão aplicadas somente em Palmas, no câmpus da UFT, na Ulbra (Avenida Theotônio Segurado) e no Câmpus Graciosa da Unitins (ao lado da UFT).

Elas têm duração de três horas e acontecem no turno matutino para os candidatos a cargos de nível superior, e no turno vespertino para os candidatos a cargos de nível médio. Pela manhã os portões fecham às 9h, e à tarde às 15h.

Os concorrentes podem checar o local de prova no site da Comissão Permanente de seleção (Copese), responsável pelo processo seletivo, e devem comparecer no dia do exame munidos de caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente e de documento de identidade original.

Conforme o cronograma, o gabarito provisório deve ser publicado um dia depois da aplicação das provas, e o resultado final está previsto para o dia 28 de março.

Mais informações no edital e no site da Copese.

 

Fim do conteúdo da página