Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Ordens de serviços formalizam retomada de obras em quatro câmpus

Por Aline Brito | Publicado: Segunda, 09 de Janeiro de 2017, 10h19 | Última atualização em Terça, 10 de Janeiro de 2017, 15h45

Foram assinadas ordens de serviços para retomada de obras da Universidade Federal do Tocantins (UFT).  Na sexta (06), foram firmados contratos com as empreiteiras Rodes Engenharia e Transportes Ltda e Hikari Construções Ltda. Nesta segunda (09), os acordos foram com as empresas Rodes Engenharia e Transportes Ltda, Construtora Acauã Ltda e Hikari Construções Ltda. O valor empenhado de R$ 16.489.885,61 servirá para concluir as bibliotecas dos câmpus de Araguaína, de Miracema e de Tocantinópolis e os blocos de três pavimentos (3P) com 36 salas de aulas dos câmpus de Gurupi e de Tocantinópolis.

Na sexta(6), foram assinadas ordens de serviços com as empresas Rodes Engenharia e Transportes Ltda para retomada de obras nos câmpus de Miracema e de Gurupi_ Foto: Aline BritoNa sexta(6), foram assinadas ordens de serviços com as empresas Rodes Engenharia e Transportes Ltda para retomada de obras nos câmpus de Miracema e de Gurupi_ Foto: Aline Brito

Na segunda(9), foram assinadas ordens de serviços com as empresas Rodes Engenharia e Transportes Ltda, Construtora Acauã Ltda e com a Hikari Construções Ltda para retomada de obras nos câmpus de Araguaína e de Tocantinópolis_ Foto: Daniel dos SantosNa segunda(9), foram assinadas ordens de serviços com as empresas Rodes Engenharia e Transportes Ltda, Construtora Acauã Ltda e com a Hikari Construções Ltda para retomada de obras nos câmpus de Araguaína e de Tocantinópolis_ Foto: Daniel dos Santos

Outros câmpus também foram contemplados. Em 2016, iniciou-se a construção do bloco padrão (3P) com 36 salas de aula nos câmpus de Arraias, de Porto Nacional e de Miracema. A previsão é que essas obras também sejam entregues neste ano.

A reitora da UFT, Isabel Auler, informa que a ação oferece melhores condições ao ensino, pesquisa e à extensão. “A prioridade da gestão é concluir o que foi iniciado. Já houve inaugurações e, agora, retomamos com prioridade os blocos de salas de aula e as bibliotecas”, pontua.

 

Valores e obras retomados por câmpusValores e obras retomados por câmpus

 

Geração de emprego

As novas estruturas físicas proporcionarão mais funcionalidade e um melhor visual nos câmpus. Contudo, a comunidade acadêmica não será a única beneficiada. “Isso representa uma grande conquista não só para a Universidade mas, também, para as localidades em que essas obras são realizadas, uma vez que representa unidades de trabalho para muitas pessoas da região”, frisa a Reitora.

Parceria
O recurso para a conclusão das obras, aquisição de equipamentos e mobiliários é fruto de muitos diálogos e parcerias. “Houve respaldo do Ministério da Educação e a interlocução da deputada federal Dorinha Rezende, que tem sido uma parceira da Universidade”, complementa Isabel Auler.

registrado em:
Fim do conteúdo da página