Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Reunião discute gestão orçamentária nos câmpus de Araguaína, Tocantinópolis e Arraias

Por Caroline Falcão | Publicado: Quarta, 30 de Novembro de 2016, 17h22 | Última atualização em Sexta, 02 de Dezembro de 2016, 15h44

Com objetivo de dar sequência ao programa de diálogo com os câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT), e de apresentação do orçamento e planejamento para o ano de 2017, iniciou, nesta quinta-feira (1º), reunião de gestão orçamentária com os câmpus de Araguaína, Tocantinópolis e Arraias. O primeiro a receber a equipe para as apresentações e discussões foi o câmpus de Araguaína; seguido pelo câmpus de Tocantinópolis, que será nesta sexta-feira (2).

Na oportunidade, estão sendo apresentados, em detalhes, todas as despesas dos câmpus e o planejamento de custeio, com discussão das demandas, restrições e encaminhamentos necessários para o planejamento dentro do limite orçamentário. Segundo o pró-reitor de avaliação e planejamento, Eduardo Lemus, “serão apresentados os dados orçamentários dos câmpus, mas, em especial, será explicado os processos de gestão dentro da complexidade orçamentária da esfera pública federal”, destaca.

Estarão presentes nos encontros, a reitora Isabel Auler,  vice-reitor Eduardo Bovolato, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação Raphael Sânzio, pró-reitor de Avaliação e Planejamento Eduardo Lemus, pró-reitor de Assuntos Estudantis e Comunitários Kherlley Caxias, e o prefeito universitário João Batista.

Araguaína
A primeira reunião no Câmpus de Araguaína, além da reunião orçamentária, contou com uma apresentação pela  Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq) sobre os programas de pós-graduação e pesquisa planejados para 2017. De acordo com o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Raphael Sânzio, "foi apresentado as propostas que a Propesq tem para auxiliar os cursos de pós-graduação na obtenção de melhores notas, ou seja, até o final da gestão os cursos que aderirem às propostas consigam melhorar seu conceito. Nesta iniciativa vamos dar apoio, pois sabemos que o trabalho maior é dos pesquisadores docentes, professores e alunos do curso e o nosso papel é dar suporte a esses cursos para que eles avancem em suas qualificações”, explica.

Pró-reitor de avaliação e planejamento Eduardo Lemus fala sobre a gestão orçamentária do câmpus. Foto_DivulgaçãoPró-reitor de avaliação e planejamento Eduardo Lemus fala sobre a gestão orçamentária do câmpus. Foto_Divulgação

Em relação a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Proest), o pró-reitor, Kherlley Caxias, discutirá sobre os gastos realizados com o recurso do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), e também sobre as políticas estudantis. “Reuniremos também com os representantes dos cursos para definição das dimensões e valores que serão atendidos, tendo como prioridade moradia e alimentação”, ressalta.

Em Araguaína, a reitora Isabel Auler, também realizou visita às instalações do Hospital de Doenças Tropicais (HDT/UFT). Na ocasião, Isabel deu as boas-vindas aos servidores da unidade e discutiu estratégias de gestão com a Superintendência do Hospital.

Tocantinópolis e Arraias
Já na sexta-feira (2), a equipe de gestão se reúne no Câmpus de Tocantinópolis, onde serão discutidos, além da pauta sobre orçamento e planejamento para 2017, a situação das obras que se encontram paralisadas. Com a comunidade estudantil, a reitoria abordará assuntos sobre equipamentos, mobiliários e sobre o Pnaes.

No Câmpus de Arraias, a reunião tratará sobre os mesmos assuntos  específicos a unidade e ocorre nos dias 5 e 6 de dezembro.

Para a reitora Isabel Auler, estas reuniões são em complementação à implantação de uma unidade gestora nos câmpus para acompanhamento dos recursos pelos diretores. “Este diálogo mais próximo é muito importante para que a comunidade se intere do planejamento que será necessário na gestão do próprio câmpus e aproximar a reitoria de cada câmpus para que possamos atender as necessidades”, conclui.


registrado em:
Fim do conteúdo da página